Arrependido, presidente volta atrás

Depois da enorme repercussão da entrevista concedida ao JT, na qual ele detonou o Felipão, Lincoln, Valdívia, etc. O presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, resolveu se explicar para a torcida através do site oficial do clube.

Só falta agora, Tirone comentar sobre o que foi discutido no jantar que ele teve com Mustafá Contursi na última quinta-feira.

Confira abaixo a nota oficial:

“Sobre a entrevista publicada no Jornal da Tarde, neste sábado (14), quero deixar esclarecido que quando disse que em relação ao Valdívia foi feito um mau negócio, me refiro ao ponto de vista administrativo, que foi ruim. Em agosto, o valor da contratação com impostos chega quase a 20 milhões de reais, e não temos esse dinheiro em caixa.

Em relação às contusões do atleta Valdivia, como todos também torço para que elas não se sucedam e não atrapalhem o jogador no desenvolvimento de sua atividade com nossa camisa. O mesmo digo em relação ao Lincoln. O Palmeiras necessita desses dois jogadores e espero que estejam à disposição do técnico Luiz Felipe Scolari o mais rápido possível.

Sobre nosso treinador, Felipão, deixo claro todo apoio de nossa parte. Afinal de contas, temos um dos melhores treinadores do mundo comandando nosso time. E vamos fazer todo esforço necessário para que nossa equipe continue forte. À nossa torcida peço sempre o apoio, para que a equipe possa sentir a força daqueles que realmente querem contribuir de maneira positiva, neste momento difícil pelo qual passamos.

Eu, juntamente com o vice-presidente e nossos diretores estamos trabalhando incessantemente na busca por soluções para os problemas financeiros pelos quais o clube está passando. Porém, não vai faltar, tenho certeza, nem de minha parte nem dos meus companheiros, toda a força e empenho para superarmos esses problemas para que o Palmeiras tenha uma vida equilibrada financeiramente de novo.”