Arbitragens: Palmeiras fará protesto formal

A diretoria palmeirense vai entrar nesta semana, junto à Comissão de Arbitragem da CBF, com um protesto formal contra o assistente Marrubson Freitas, que anulou um gol legítimo do meia Valdivia na derrota por 1 a 0 para o Paraná, neste domingo, em Curitiba.

“O Palmeiras não vai ficar calado. Contra o Santos, já tivemos o lance do Leandro, que culminou com o segundo gol deles. Agora, contra o Paraná, poderíamos muito bem ter saído de campo com um resultado melhor se não fosse o erro da arbitragem, que anulou um gol legal do Valdivia. Isso nós não vamos admitir. Vamos fazer um protesto formal junto à Comissão de Arbitragem, anexando as imagens do lance”, declarou o gerente de futebol alviverde, Toninho Cecílio.

Segundo ele, nada tira os méritos da vitória do Paraná, mas os erros contra o Palmeiras estão se tornando rotineiros.

“Não quero tirar os méritos do Paraná, que jogou bem, é um clube organizado e trabalha corretamente. Mas, aqui no Palmeiras, existem profissionais sérios, que são cobrados por aquilo que fazem diariamente. Está na hora dos árbitros e seus assistentes também
serem cobrados por aquilo que fazem.”

Fonte: Assessoria de imprensa da S.E Palmeiras