Arbitragem ignora agressões cometidas pelos jogadores do América-MG

Durante as entrevistas pós-jogo, todos os jogadores e o técnico do Palmeiras reclamaram de quanto o América-MG bateu e não foi repreendido pela arbitragem. Tanto que Valdivia até colocou uma foto dos lábios inchados e do olho roxo, após as cotoveladas que levou.

Apesar de tudo isso, o árbitro Claudio Mercante Júnior disse não viu nada. E ainda relatou na súmula que Alan Kardec e o goleiro Matheus foram excluídos por trocarem empurrões e colocarem o dedo no rosto um do outro na briga. A briga causou confusão no campo, então os dois tomaram vermelho.

O árbitro também não relatou a cusparada de Willians, ex-Palmeiras, em cima de Alan Kardec. Nem mesmo durante a partida, o atleta foi advertido pelo ato lamentável.

A diretoria palmeirense, no entanto, já prometeu que vai tomar providências no STJD contra o meia.