Aqui jaz a CBF!

Quando Rogério Ceni recebeu o prêmio de craque do Brasileirão a CBF enterrou minhas últimas esperanças de ética no futebol desse país. Aplaudido pelos presentes, o diplomático goleiro recebeu o prêmio e, ao fazer um breve discurso, rasgou elogios à entidade máxima do futebol brasileiro e a Rede Globo e ressaltou que havia colegas no elenco que mereciam muito mais do que ele.

E este prêmio, a este cidadão tão respeitado e idolatrado pela imprensa, externa qual um dos pilares de um clube de sucesso no Brasil: diplomacia. Pois enquanto o elenco são-paulino, maravilhosamente representado por Richarlyson em visual, digamos, moderno, sentava nas primeiras fileiras, clubes sem tanta influência nos bastidores brigavam por lugares no fim da fila.

Era nítido ver onde os jogadores do Palmeiras estavam. Estavam simplesmente fora do alcance das câmeras, em algum lugar entre a última fileira da pista e o mezanino. Claro que não éramos os únicos. Provavelmente dividíamos espaço com o Figueirense, Náutico, Paraná. Todos bem escondidos.

Muita gente acha isso besteira, sem importância. Tudo bem, talvez seja. Por outro lado, pode ser aí mais uma prova do quanto somos relegados a segundo plano pelas donas do futebol no Brasil, a CBF e a Rede Globo.

E o SPFC com seus discursos e palavras bem ensaiadas com os desejos da CBF era de dar nojo em qualquer espectador mais informado.

Ao falar do “fim das viradas de mesa” Juvenal Juvêncio não apenas ridicularizou o Corinthians de maneira politicamente correta, como fez crer aos idiotas de plantão que tudo isso se deve à mão firme de Ricardo Teixeira.

Nada mais político. Nada mais nojento. A noite de festa do futebol brasileiro poderia ter uma operação da Polícia Federal com seu nome.

O prêmio especial e jamais concedido para “Torcida”, que teve como vencedor o Flamengo, óbvio, fez o Theatro Municipal do RJ quase ir abaixo. Se havia uma torcida que merecia um prêmio dessa era a do Bahia. Dona da maior média de público das 3 divisões (mais de 40 mil) e vítima do descaso que as entidades tratam o futebol no Brasil.

Mas nos ensina uma lição: fale bem das pessoas certas. Elogie a emissora que controla o futebol no Brasil. Não se esqueça de glorificar Ricardo Teixeira. Comemore a Copa de 2014 como uma verdadeira conquista para nossa nação. Ignore, neste ponto, quem organizará tudo e, consequentemente, terá todo o controle das verbas.

Aplauda de pé os árbitros presentes e premiados, afinal de contas errar é humano. Esqueça que durante o ano sua equipe não avançou em alguma competição porque um ou outro não vai muito com sua cara. Ou pior, são instruídos a isso.

Faça jogo de cena, seja político. Se tiver que falar que a CBF é nossa Afrodite, diga. Se para sentar-se nas primeiras fileiras é preciso elogiar Galvão Bueno, o faça.

Se um alemão desembarcasse hoje para viver no país e você dissesse que somos o clube que mais ganhou títulos no século passado ele provavelmente irá rir e não vai acreditar.

Porque nas pequenas coisas mostramos também nossa força.

Sentar na última fileira não é desprestígio algum. Mas quando vem servido com arbitragens tendenciosas, jogadores preteridos na seleção, ridicularização na imprensa, é melhor se preocupar.

O Palmeiras não precisa de ajuda para ganhar nada, nunca precisou. Mas se for prejudicado sempre, fica mais difícil.

De Getúlio Vargas à Ipatinga, mais do que nunca, é hora de mostrarmos nossa força. Se dentro do campo estamos no nosso limite, que seja fora então.

Mas que seja, de alguma forma. Pois precisamos acordar!

   ******

Temos poucos dias para virar a votação no Best Blogs Brazil! Clique agora no link ao lado e vote em Mondo Palmeiras para melhor Podcast. Estamos em segundo lugar e se não virarmos esse placar vamos acabar com esse programa.

É inadimissível que um programa com mais de 20.000 ouvintes semanais não consiga vencer! Contamos com o seu voto, palmeirense!

Até quando vai durar o Best Blogs Brazil? Temos que votar até o dia 10/12/2007, quando serão encerradas as votações!

                                                                    ******

Ah,  e ouçam também abaixo o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras. Hoje abordamos a possível renovação de contrato de Caio Jr., e o Paulistão 2008!