Apertem os cintos, o Ayrton lateral sumiu!

Ayrton-novo-lateral-e-apresentado-no-Palmeiras


Em novembro de 2012, quando sofríamos com o iminente rebaixamento do Palmeiras para a série B do Brasileirão, foi anunciada a primeira contratação da equipe para a temporada 2013. Tratava-se do lateral-direito Ayrton, atleta então vinculado ao Coritiba e que tinha como referência o fato de ter feito um gol de falta contra nós na final da Copa do Brasil 2012, partida que terminou empatada por 1 a 1 e que nos deu o título.

Aliás, durante semanas ele e o goleiro Fernando Prass (ex-Vasco) eram nossos únicos reforços para a atual temporada. Quando as partidas do Paulistão tiveram início, Ayrton Luiz Ganino, nascido em 19 de abril de 1985 em Piracicaba (SP), era titular absoluto do time. Ele chegou até mesmo a fazer um golaço de falta no dia 27 de janeiro, em partida que o Verdão perdeu em casa contra a Penapolense.

Depois da sexta rodada do Paulistão, no entanto, Ayrton simplesmente saiu de cena. Weldinho, ex-Corinthians, entrou no time, e o atleta que jogou no Coritiba, Londrina, Bahia, Botafogo, Lokomotiv da Rússia, XV de Piracicaba etc simplesmente sumiu de cena, não sendo nem ao menos relacionado entre os reservas.

Pelo que consta, Ayrton não está contundido. A função de eventual reserva de Weldinho está nas mãos de Wendel, volante que voltou ao Palmeiras este ano e que já jogou inúmeras vezes improvisado nessa posição. Tudo leva a crer que o afastamento veladodo ex-jogador do Coritiba é opção de Gilson Kleina.

A pergunta que não quer calar é: será ele mais um desses jogadores que aparecem no clube, jogam pouco, não correspondem à expectativa e simplesmente acabam abduzidos e somem de cena, tipo Adriano Michael Jackson, Gerley, Román, Pedro Carmona, Mazinho etc? Fica a torcida para que Ayrton não entre nessa galeria funesta de promessas esmagadas pela realidade da bola.

******

O meia Patrik “Scolari” foi emprestado até o final do ano para o Gangwon, da Coreia do Sul. Bela notícia!