Antônio Carlos foi demitido, e Robert também…

Em mais um capítulo dessa novela triste que se tornou a Administração Belluzzo/Cipullo no Palmeiras, foi confirmada a demissão do técnico Antônio Carlos.

Embora os motivos da decisão não tenham sido divulgados oficialmente, a péssima performance do time, e a briga com o atacante Robert foram os principais fatores que ocasionaram a demissão do técnico.

Sob o comando de Zago, o Palmeiras venceu 8 partidas, empatou 5 e perdeu 6. Teve 54% de aproveitamento.Tão fraco quanto seu antecessor, Muricy Ramalho, que teve apenas 49% de aproveitamento.

O único diretor que se pronunciou até agora foi Seraphim “como fui cair nessa roubada” Del Grande. Ele não apenas confirmou a saída de Antônio Carlos, como apontou qual o perfil de treinador que o clube deve procurar.

“O Palmeiras quer um treinador de pulso, experiente e que honre a história do clube”, afirmou Seraphim para a Rádio Trianon.

******

Agora é esperar para saber se outros jogadores serão demitidos, além do atacante Robert que não veste mais a camisa do Palmeiras.

Por incrível que pareça, o jogador é o principal artilheiro da equipe na temporada, com 14 gols.

O supervisor Galeano também pode dançar,  pois tentou encobrir a “balada” dos jogadores no Rio de Janeiro, fato que foi o estopim para mais essa crise.

******

Ás 17 horas, o inabalável Gilberto Cipullo vai falar para a torcida (imprensa).  Será que vai entregar o cargo?

******

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário de Mondo Palmeiras.