Árbitro paulista? Não, Anderson Daronco é quem vai apitar o dérbi

Depois da lamentável arbitragem da partida entre Palmeiras x Cruzeiro, a CBF foi muito rápida e tratou de anunciar logo quem será o árbitro do clássico deste domingo, em Itaquera.

O gaúcho Anderson Daronco, que é tido como o melhor árbitro do país hoje foi o escolhido pela entidade para comandar o clássico que pode decidir o campeonato. O gol injustamente anulado do Miguel Borja certamente fez com que a CBF abrisse mão de escolher um árbitro paulista e ficasse mesmo com o Daronco.

Este será o primeiro dérbi que o árbitro, natural de Santa Maria, vai apitar aqui em São Paulo. Boa sorte pra ele, e pra nós!

*****

Muita gente está comemorando que as propostas de Mustafá Contursi foram derrotadas ontem no Conselho deliberativo. Ele queria uma sala de troféus dentro do clube (já era pra estar pronta, dentro do Allianz Parque), a diminuição no número de vice-presidentes e a redução do tempo para um sócio votar e ser votado.

Bem, outras propostas, que a meu ver são mais importantes, acabaram ficando de fora: a redução no número dessa praga chamada “conselheiro vitalício” e no número de diretorias estatutárias.

O clube só vai se modernizar de fato com a profissionalização dos seus departamentos e com novos conselheiros trazendo novas ideias. Com 26 diretorias estatutárias e 148 vitalícios, isso é quase impossível!

Será que esses assuntos serão abordados em outras reuniões? Se não forem, os embaixadores do atraso e os especialistas em Série B venceram novamente!