AMBEV tenta ressuscitar o Parque Antarctica

E não é que a AMBEV, empresa que hoje é dona da marca Antarctica, entrou na justiça reivindicando o descumprimento de um contrato que obriga o Palmeiras a “indicar em todos os reclames e anúncios que o estádio está situado junto ao Parque Antarctica”. Quem trouxe a informação foi a jornalista Mônica Bergamo.

Muita gente não sabe, mas o terreno onde está o estádio palmeirense foi cedido pela Companhia Antarctica Paulista. O contrato, feito em 1920, previa a obrigação vitalícia ao time e aos sucessores.

Como assim?

Claro que aparentemente não faz muito sentido ressuscitar um contrato de quase 100 anos, mas o que pode estar por trás disso é a venda de bebidas no estádio palmeirense. Querer alterar o “naming rights” é um pouco demais.

Hoje, a Itaipava tem um contrato de exclusividade com o Allianz Parque.

Acredito que isso não vai dar em nada, mas cara de pau é algo que não tem limites mesmo! Esse certamente será um dos assuntos de hoje do “Bate papo entre amigos”.

Abraço a todos!