Altitude preocupa Felipão antes de jogo na Bolívia

Na conversa que teve com a imprensa, em Sucre, onde o Palmeiras joga hoje contra o Universitário, pela Copa Sul-Americana, Felipão se mostrou preocupado com a adaptação dos jogadores com a altitude de 2.800m da cidade boliviana.

“Essa é uma das coisas que nós vamos ter de nos adaptar até a hora da partida ou pensar uma situação de jogo que possa não ser prejudicial a nós, por causa da velocidade que o adversário vai imprimir, principalmente no início do jogo. Não são todos os atletas, mas 50% do grupo ainda continua sentindo os efeitos da altitude”, disse ele.

Além disso, o treinador palmeirense ainda detonou o gramado do estádio, e condenou a prática do futebol em cidades que estejam situadas bem acima do nível do mar.

“Essa questão já tinha sido olhada pela FIFA, mas depois voltaram atrás. Acima de 2.000 metros não deveria ter jogo, principalmente neste tipo de confronto. Mas, já que estamos aqui, vamos ver o que acontece.”, completou ele.

Parece que estou implicando com o Felipão, mas vejamos: se a sede social do Universitário fica na cidade de Sucre, onde ele deveria jogar, em Los Angeles? Se o estádio local comporta o confronto, a partida deve ser realizada na cidade do time.

Calma, mestre. Seja onde for o Verdão é favorito, e pode vencer o time boliviano se jogar com atitude. O resto é conversa…

Abraço a todos!