Alex Mineiro e as “paradinhas” nas cobranças de pênalti

Alex Mineiro vem atravessando uma grande fase pelo Palmeiras. Já são 24 gols em 35 jogos disputados, média de 0,68 gol por partida. Os números só não são melhores nesta década do que Vágner Love, que vestindo a camisa palmeirense entre 2003 e 2004, marcou 49 gols em 66 partidas, média de 0,74.

“Estou feliz, me sentindo muito bem no Palmeiras. É um clube gostoso, diferenciado de trabalhar. O clima e o ambiente ajudam bastante. A motivação de entrar em campo e continuar fazendo gols é enorme, por isso estou sempre procurando fazer meu trabalho da melhor maneira possível, e para isso conto com a ajuda do grupo e também da comissão técnica.”, disse o “virtual artilheiro do campeonato” em entrevista à imprensa nesta semana.

As “paradinhas” nas cobranças de pênalti de Alex Mineiro praticamente viraram moda no Campeonato Brasileiro, e vários batedores de norte a sul estão adotando a prática do artilheiro palmeirense. “Acho que o atacante precisa utilizar todos os recursos que achar necessário, inclusive nas penalidades. Não está escrito que a paradinha é proibida, e nem que isso torna a vida do goleiro mais difícil, pelo contrário. Os goleiros tem a opção de se movimentar na linha do gol e isso gera uma dificuldade maior para quem bate”, disse ele sobre o assunto.

E qual a sua opinião sobre as paradinhas de Alex Mineiro?