Ainda com elenco reduzido, Gareca faz muitas análises e já impõe o seu estilo

Como não podia deixar de ser, todos só falam sobre a fratura que tirou Neymar da Copa do Mundo, mas o torcedor palmeirense continua com as suas atenções voltadas para o que acontece na Academia de Futebol.

Depois de receber apenas dois reforços (Fernando Tobio e Pablo Mouche), o elenco treinou em dois períodos quase todos dias, em Atibaia, onde também realizou alguns jogos-treino antes de retornar a São Paulo, na última quarta-feira.

Apesar do curto período de treinamento, vários atletas já declaram que o time já está pegando o “jeitão” do técnico Ricardo Gareca.

Todos os jogadores que concederam entrevistas nesses dias sinalizaram que o time deverá ser mais aguerrido, compacto e bem diferente daquele atuou no primeiro semestre.

Valdívia mal chegou do Chile e já começou a treinar entre os titulares. Leandro também voltou a treinar com bola, mas duvido que vá reconquistar fácil a posição do Diogo, que parece ter caído nas graças de Gareca.

Um tempinho como “gerente de banco” pode fazer muito bem ao jovem e displicente atacante palmeirense. Talento ele tem.


Neste sábado, na Academia de Futebol, o Palmeiras venceu o Paulista de Jundiaí por 3 a 1. O atacante Henrique, que atuou entre os titulares, marcou dois e o meia Wesley o último gol do Verdão.

O time que foi a campo foi o seguinte: Fábio; Wendel, Lúcio, Tobio e Marcelo Oliveira; Renato, Wesley, Bruno César e Valdivia; Diogo e Henrique (Pablo Mouche foi poupado).

William Matheus estava indo bem na lateral esquerda, mas parece que o Gareca quer mesmo é um lateral que fique mais na defesa. Será que o Marcelo Oliveira vai dar conta?

O Palmeiras fez outros três jogos-treino, contra Guarani (0 a 2), Grêmio Barueri (8 a 1) e Juventus (2 a 1).

O elenco teve folga neste domingo e volta aos treinamentos na segunda-feira, nesta última semana de Copa do Mundo. Nosso primeiro jogo pra valer será no dia 17, contra o Santos.

E cadê os reforços?

Precisamos de um lateral-direito e de um centroavante para ontem.

******

O meia colombiano Carlos Carbonero, ex-River Plate, e o atacante argentino Facundo Ferreira, que atua na Ucrânia estão na mira do Palmeiras.

Agora, pra chegar esses gringos todos, outros que estão por aqui dar lugar a eles (o limite de estrangeiros é de cinco atletas por partida). Além de Valdívia, que a diretoria já pendurou uma placa de VENDE-SE no pescoço, quem mais deve sair?

Para mim, os uruguaios deveriam puxar essa fila. Victorino e Eguren nunca empolgaram ninguém por aqui.

******

Depois de toda a comoção com a fratura do Neymar, é impossível não lembrar, para quem é palmeirense, da apendicite do Barcos na véspera da final da Copa do Brasil 2012.

Claro que não dá para comparar a proporção dos acontecimentos, mas naquele dia parecia que o título já estava perdido, assim como aconteceu na última sexta-feira.

Perdemos o nosso principal atacante, mas Felipão “inventou” o desconhecido Betinho, motivou ainda mais o elenco e o resultado final todos sabem.

Será que ele vai tirar outro coelho da cartola? Seja como for, vou torcer muito nessa terça-feira!

******

Para quem não sabe, no dia 27 de julho, tem derby paulista. Quem está nos EUA vai poder acompanhar o jogo na Casa Palmeiras, que pela primeira vez estará fora do País, com um ex-atleta palmeirense, no Boi na Brasa Bar & Grill, em Nova Jersey.