A vida dos outros

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

*******

Devo, não nego, só Deus sabe se pagarei-1
E o time da piada pronta continua tornando fácil escrever uma nova edição desta coluna. Quando assumiu em 2007 o Gambá All Strumes, André Sanche, o adorável comedor de esses, tinha um objetivo: zerar a dívida da equipe, que na época girava em torno de R$ 100 milhões. Com metade do prazo já devidamente encerrado, o cara começa a se tocar do tamanho da encrenca em que se meteu, e já deu uma azeitada no discurso, para diminuir um pouco o inevitável vexame.

*******

Devo, não nego, só  Deus sabe se pagarei- 2
Agora, Sanche pretende entregar o que sobrar dos Manos do Menezes ao próximo coitado, digo, presidente, com algo em torno de 50% da dívida atual da agremiação. Que, no momento, atinge o valor de, adivinhe? Quem apostou os mesmos R$ 100 milhões de 2007 acertou na mosca. Atualmente gastando o que tem e o que não tem para tentar ganhar a Libertadores, aquela história que a gente sabe como irá acabar e que vê até o final porque é engraçado sempre, o time vai é dever cada vez mais. Acho que, na verdade, eles irão comemorar os 100 anos de clube com 100 milhões (ou mais!) de dividas… E sem taças, obviamente.

*******

Atrasos, adiamentos, promessas vazias: eis a Copa 2014
Quando a gente falava por aqui que a realização da Copa do Mundo de 2014 tinha tudo para ser uma esculhambação, teve quem duvidasse. Pois com quatro anos ainda pela frente, o glorioso ministro do Esporte, Orlando Silva Jr., alertou em São Paulo nesta quinta-feira (11) que os prazos para a construção/ reforma dos estádios tem tudo para atrasar. E soltou uma frase que dá a medida do que deve acontecer em um futuro não muito distante: “a urgência custa caro”. Daqui a pouco, vai entrar dinheiro público nessa história, e em quantidades faraônicas. Enquanto isso, tome enchentes, apagões….

*******

Monte Azul deveria mudar de nome
O Monte Azul, caçula da série A-1 do Paulistão e time que raramente vai jogar em casa, mandou o técnico Edson Só para a rua. Em seu lugar, como interino, assumiu o ex-zagueiro César, de triste passagem pelo Verdão no ano de 2002. Em 19º lugar no campeonato, o clube tem tudo para voltar à A-2 e dar seu lugar para alguém melhor. Que me perdoem seus torcedores (se é que eles existem), mas é o tipo da agremiação que só prova o quanto o Campeonato Paulista está inchado e poderia perfeitamente ter uns 12 times, no máximo. Se continuar nessa toada, esse monte logo terá outra coisa no lugar da cor azul. Coisa malcheirosa de tonalidade marrom, por exemplo…

*******

E a conversa mole do Menguinho Hexa continua
O Sport, aquele time que caiu para a Segundona do Brasileirão graças à praga dos palmeiristas do Brasil e do Mundo, entrou com ação na Justiça contra a Rede Globo. O motivo: o fato de a emissora divulgar na sua programação que o clube da dupla Adriano Balada e Vagner Trança As Pernas é hexacampeão brasileiro. Não adianta. Quer queiram, quer não, o Menguinho arregou e não encarou o time pernambucano em 1987. Assim, o Sport foi declarado o campeão brasileiro daquele ano. Fim de conversa. O Urubu é tão hexa como aquele timinho do Parque Sem Jorge é “campeão do mundo”!

*******

Semana que vem tem mais, se Deus quiser, e ele há de querer! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição, e aos freqüentadores de Mondo Palmeiras!

uol_logoClique aqui para ouvir a Rádio Mondo Palmeiras – Edição 166.