A vida dos outros

Considerações, gozações, críticas e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

******

Animalices tomam conta de São Januário
E ainda tinha quem desejasse que Edmundo permanecesse no Palmeiras. Após sair daqui, ganhamos o campeonato paulista e disputamos a ponta do brasileirão. Enquanto isso, o Vasco, que caiu na besteira de acolher o “Animal”, vem se tornando especialista em vexames. Pior: o ex-craque ainda em atividade agora cismou de dizer, nas entrelinhas, lógico, que a culpa pela draga vivida pelo time de São Januário é do coitado do Antonio Lopes, que deve ter um saco de ouro para agüentar essa mala sem alça.

******

De besta a bestial em apenas 45 minutos-1
A torcida da Lusa deveria ganhar o troféu ingratidão 2008. Vagner Benazzi assumiu o clube quando o mesmo estava na segundona do paulista e do brasileiro. Trouxe o time para a elite dos dois torneios, e vem fazendo uma campanha aceitável no atual brasileirão. Aí, os gajos, ao verem o Náutico acabar o primeiro tempo no Canindé com dois a zero a favor, começaram a vaiar o infeliz, pedindo sua cabeça.

******

De besta a bestial em apenas 45 minutos-2
Pois bem. Na segunda etapa, o time voltou tinindo, e virou uma partida que poucas equipes conseguiriam. E Benazzi passou a ser aplaudido e elogiado. É aquela velha frase, que se encaixa ainda mais no caso por envolver vocábulos típicos do português de Portugal: de besta a bestial em questão de minutos. O que será que a turma de lá pensa? Que o elenco oferecido a Benazzi é tipo a seleção da Holanda de 1974? Até Claudecir Morto o coitado teve de encarar. Milagreiro!

*****

Caio Vai Te Qatar Júnior: começa a contagem regressiva
Se fosse ligado em bolões, começaria um agora, com a seguinte questão como mote para as apostas: quando Cai o Júnior no Flamengo? Após recusar proposta milionária do “Vai Te Qatar”, o Mengão tomou chumbo do Coritiba. Nas arquibancadas do Maracanã, nos jogos realizados no Rio, uma faixa enorme diz: “O brasileiro é obrigação”. Se Obina, Ibson e sua turma tomarem mais uns dois chocolates, Harry Potter Júnior pode ir arrumando as malinhas.

*****

Desse jeito, fica fácil reagir no Brasileirão
O Vitória, equipe pela qual não morro de amores, foi visivelmente prejudicada na última quarta-feira, contra o time do Jardim Leonor. Teve um gol legítimo anulado logo no começo da partida, e o tento assinalado por “Chama o Hugo” que abriu o placar da partida (acabou três a um para os pupilos de JJ Whisky) rolou em completo impedimento. Assim, fica fácil reagir no campeonato. Mas algo me diz que nem assim o time de Muricy Sem Dentes conseguirá o terceiro título consecutivo. Mas é bom ficar de olho nas mutretas…

Semana que vem, tem mais, se Deus quiser, e ele há de querer!

*****

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras.