A vida dos outros

chamada_145

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

**********

Curso intensivo de como ir para a Segundona, por Fluminense-1
Faz tempo que o Fluminense merece um especial aqui em A Vida dos Outros, e o melhor momento para tal é agora. Afinal, a atuação de seus dirigentes em 2009 equivale a um verdadeiro tratado de o que fazer para levar um dos times mais tradicionais do Brasil a fracassar em todas as competições que disputou, além de mergulhar na gloriosa segundona do Brasileirão. Ontem, quando os padres Omar e Jorjão realizaram uma missa aos pés do Cristo Redentor com o intuito de tentar salvar seu time do rebaixamento, com presença até do ex-presidente do clube, o folclórico Francisco Horta, só coroaram um período de vexame atrás de vexame do flu-flu.

**********

Curso intensivo de como ir para a Segundona, por Fluminense-2
O curso, obviamente, tem como um de seus principais tópicos trocar de técnico toda hora. Em 2009, Renê Simões, Carlos Alberto Parreira e o glorioso Renato Gaúcho já estiveram no time das Laranjadas, digo, Laranjeiras. Após demitir este último, que alguns queriam treinando o nosso Alviverde Imponente (toc, toc, toc!), alguém teve a ideia genial: que tal o Cuca Faixa? E eis que um dos técnicos mais contestáveis e instáveis do Brasil toma as redás da agremiação tricolor (só podia ser). Justo em um momento no qual equilíbrio deveria ser a palavra chave por lá. A criatividade da direção do Fluminense realmente é fantástica!

**********

Curso intensivo de como ir para a Segundona, por Fluminense-3
Outro item interessante para um clube se embananar todo nessas horas é contratar jogadores caros sem grande comprometimento com o projeto das agremiações pelas quais jogam. Fred é um caso clássico. Chegou ganhando uma fortuna, jogou pouco, deixou rolar boatos de que sairia fora logo e, para completar a festa, está contundido desde o dia 23 de julho. O jogador estava sorrindo pelos quatro cantos do clube ao receber a notícia de que a tal contusão teria melhorado. Mas, por enquanto, a previsão é de que o “goleador” não voltará aos gramados tão cedo. Vai continuar fazendo gols só em videogames, pelo visto.

**********

Curso intensivo de como ir para a Segundona, por Fluminense-4
E a coisa piora no momento em que os dirigentes, querendo buscar soluções rápidas, resolvem tentar contratar jogadores caros, mesmo sem dinheiro no bolso. A Unimed, parceira do clube, ofereceu cinco milhões de dólares para o zagueiro uruguaio Lugano Paulada atuar pelo Fluminense neste final de temporada, segundo informou o Painel FC de ontem da Folha de S. Paulo. Aconselhado por amigos, o jogador preferiu não aceitar o convite. A fama de mal pagador do clube ultrapassa fronteiras.

**********

Curso intensivo de como ir para a Segundona, por Fluminense-5
Agora, vem o pior dessa história. Que tal dever salários até mesmo para os profissionais ligados às divisões de base, nas quais normalmente se ganha mal? Pois os treinadores da base do Fluminense estão há quatro meses sem receber, e resolveram entrar em greve. Aliás, só os jogadores que pertencem ao patrocinador estão com seus salários em dia. Aí, meus caros, fica difícil ganhar jogos. Quase impossível. Se mesmo com essas e inúmeras outras vaciladas o atual lanterna do Brasileirão 2009 conseguir fugir do rebaixamento é sinal de que milagres de fato existem. Milagres oriundos do céu e também aqueles “milagres terrenos” que todos conhecem tão bem.

**********

Semana que vem tem mais, se Deus quiser, e ele há de querer! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição para a coluna!