A vida dos outros

chamada_137

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

Porque eu tenho vergonha de quem preside o meu país-1
Que me perdoem os lulistas de plantão, mas a cada dia que passa, sinto-me mais constrangido em ver o Brasil presidido por alguém tão provinciano como Luiz Inácio Lula da Silva. Essa história de ele dar camisas da “Selenike” autografadas para os dirigentes máximos de outros países soa como uma forma ridícula de demonstrar uma superioridade que um país como o nosso definitivamente não tem, vide seus imensos problemas sociais e econômicos.

Acho que nem o folclórico primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi faria isso, quando a seleção italiana ganhou a Copa de 2006, por exemplo. Dá vergonha!

***********

Porque eu tenho vergonha de quem preside o meu país-2
Mas isso não é nada, frente a escandalosa declaração do Ducho no programa Bem, Amigos da última segunda feira, garantindo que Lula está “mexendo os pauzinhos” para conseguir empreiteiras e empresas que ajudem na construção do “Gambazão”, digo, o já lendário estádio do time presidido por André Sanche, o adorável comedor de esses. Empresas que tem até histórico de envolvimento com o presidente e seus parentes. Isso cheira a podridão até a medula.

Enquanto isso, o desemprego come solto, a saúde no país vai cada dia pior, a segurança pública assusta, e por aí vai. E o cara arruma tempo para ajudar seu “time de coração”. Socorro!

***********

Pelo visto, a casa cor de rosa caiu, mesmo
Contratar jogadores, não tenho a menor dúvida disso, é uma loteria na qual os resultados nem sempre são os esperados. O Verdão tem vários exemplos para reforçar essa tese, do tipo Marcinho “Porpeta” e Keirrison. Por sua vez, o “time mais organizado do mundo”, como a imprensinha ama denominar o Jardim Leonor F.C., também os tem, e na mesma proporção de nós. O novo protagonista no setor atende pelo nome de Washington. Todos queriam esse centroavante, inclusive setores da nossa torcida.

Seis meses depois de vestir o manto cor de rosa, o sujeito está sendo vaiado pela torcida, e deve virar gerente do banco de Ricardo e Seus Gomes. Acontece nas melhores e nas piores famílias.

***********

E já que o tema é o “time mais ético e organizado do mundo”…
A nota publicada na edição de quinta-feira do Painel F.C. caiu como uma bomba para quem considera a agremiação presidida por J.J. Whisky “a mais organizada e ética do mundo”.

Menos, minha gente, menos. Na tal nota, intitulada “Último a Saber”, afirma-se que os cartolas tricolores (vermelho, preto e rosa) já haviam contratado Ricardo Gomes antes mesmo de demitir Muricy Ramalho.

Isso, mesmo com o cara sendo cria da casa, tendo ficado por três anos e meio por lá e ganho um tricampeonato brasileiro. Isso é o que chamo de gratidão, ética e decência. Tremo só de imaginar a reação do ex-treinador são-paulino ao saber dessa asquerosa puxada de tapete!

***********

Eu já vi esse filme antes, e me lembro de como ele acaba
Sei que tem gente que odeia quando coloco por aqui notas sobre o glorioso Leão Tarja Preta, mas não dá para deixar passar em branco as bolas fora que o cidadão dá como treinador, ele que foi, na minha opinião, o melhor goleiro da história do meu amado Alviverde Imponente.

A última: insinuou que há má vontade dos juízes em relação ao Sport Recife, e disse para o presidente da agremiação pernambucana ficar de olho em relação a isso.

Enquanto isso, o time treinado por ele se encontra em “péssimo-sexto” no Brasileirão. Será que o ídolo máximo de Flávio Canuto já corre em busca de desculpa para um possível rebaixamento? Abre o olho, Sport!

***********

Semana que vem tem mais, se Deus quiser, e ele há de querer! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição para a coluna!

***********

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras.