A vida dos outros

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras. 

************

Lulinha, o craque de 30 milhões de….centavos?
Após ser louvado como uma das grandes promessas do futebol brasileiro, o atacante Lulinha encara atualmente o triste caminho rumo ao ostracismo. O último boato em torno de seu nome é de doer.

Ele teria sido oferecido, em uma lista com pelo menos dez nomes, para ser trocado com a Portuguesa pelo passe do atacante Edno. Detalhe: a negociação seria na base do “seis por um”, ou algo do gênero. Dizem que a Lusinha prefere negociar o atleta com o exterior, e só aceitaria uma troca pelo Ducho. Papo de maluco! E aí, o tal Lulinha não valia 30 milhões de reais, euros, dólares ou coisa que o valha? 

 

************

Uma boa dica para Paulo César Carpeggiani
Nota publicada no caderno Esporte da Folha de S. Paulo de ontem afirma que o Vitória tem crédito com o Palmeiras, que deverá ceder um jogador ao clube baiano em função das negociações envolvendo Marquinhos e Willians. O atual treinador desse time, Paulo César Carpeggiani, pede um zagueiro.

Então, uma dica ao “treineiro”, que esteve no Verdão em 1990 e tornou-se o rei dos empates por aqui: temos disponível o excelente “beque” Jéci. Foi ídolo por onde passou. Joga muito! Craque, experiente, sabe tudo de bola. Qualquer dúvida, a gente manda um DVD editado no capricho com as performances desse verdadeiro discípulo de Luis Pereira…. 

************

Gustavo Xerifão virou gerente do banco no Cruzeiro 
Essa é uma notícia que dou com dor no coração. Gustavo, que por aqui ganhou de Raul Bianchi o merecido apelido de Xerifão, anda atualmente amargando uma reserva brava lá no Cruzeiro. Ele é banco para o glorioso Leonardo Silva, de triste passagem pelo Alviverde Imponente. Uma pena!

E já que o assunto é ex-jogador nosso, sabem quem é atualmente o atacante que manda prender e manda soltar lá no time treinado pelo Carpeggiani? Tremam: Neto Baiano, aquele “luminar da bola” que teve passagem relâmpago pelo Verdão nos idos de 2007. Tremo só de pensar em seus companheiros de ataque……. 

************

Tarja Preta insiste em levantar a bola de Diego “Leão” Tardelli 
Impressionante como tem jogador que só tem bom desempenho nas mãos de um mesmo treinador. É o caso de Diego Tardelli, que foi artilheiro no São Paulo e, há pouco, no Atlético Mineiro, comandado por Leão Tarja Preta.

Mesmo tendo sido demitido do “Galo mais lindo do mundo”, o ex-goleiro alviverde nos anos 70 e 80 continua elogiando o jogador. Em entrevista ao Sportv, ele soltou essa pérola: “Tardelli tem bola para jogar na seleção brasileira e em qualquer lugar; se ele quer jogar é outro problema, mas ele tem bola”. Bem, se até o glorioso Afonso já vestiu a amarelinha, porque não o Tardelli?

************

Momento Caio Júnior, por Cristian Gambá 
Para alegria de Raul Bianchi, meu filósofo predileto entre os seguidores da linha Didi Mocó, Caio Júnior volta às manchetes. Agora, em agradecimento irônico feito pelo volante Cristian, que saiu do Flamengo por bater de frente com o ex-treinador de Palmeiras e Paraná Clube. “Não mudou nada em mim, só o treinador, era o Caio Júnior e agora é o Mano, agradeço ao Caio porque estou feliz no curíntia”, declarou o atleta.

Só para constar seu empresário é Carlos Leite, o mesmo de Mano Menezes. Para quem acredita em coincidências no mundo do futebol…

************

Semana que vem tem mais, se Deus quiser, e ele há de querer! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição para a coluna!

************

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras.