A vida dos outros

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras. 

******

Fluminense dá um passo para trás
Sensacional a forma como os times brasileiros são humilhados por alguns jogadores e fingem que não é com eles. O Fluminense, por exemplo, acaba de repatriar por tempo limitado o meia Thiago Neves, aquele. O que disse o jogador, na coletiva que marcou seu retorno às Laranjeiras? “Tem horas em que você dá um passo para trás, para poder depois dar dois para frente”. Traduzindo: “apesar do retrocesso que é ter de pagar o mico de voltar para esta “eme” de clube, espero poder retornar à Europa em breve”. Jogador como esse não vestiria a camisa do meu clube nem pintado de dourado. 

******

Ah, coitadinho do Duxo, deixem ele em paz!-1
E a movimentação continua naquele Parque cuja grande função é desopilar o fígado dos palmeirenses do Brasil e do mundo. Em entrevista coletiva convocada pelo próprio, o ex-fenômeno e atual Ducho pediu para deixarem a vida particular dele em paz, passando a falar apenas na sua atuação como jogador de futebol. Pra começo de conversa, o cara não está na ativa há um ano. Não há o que ser perguntado, nesse aspecto, a não ser o fato de ele próprio admitir que ainda demorará a voltar aos gramados. Como se a gente já não soubesse, e há algum tempo…….. 

*******

Ah, coitadinho do Duxo, deixem ele em paz!-2
Quanto à questão de pedir respeito com a sua vida privada, isso seria fácil, se ele não ficasse o tempo todo freqüentando lugares públicos, e fazendo nos mesmos coisas que atletas profissionais não deveriam fazer abertamente, tipo fumar ou levar garotas nos ombros. E acho que ele é vivido o suficiente para saber que as celebridades sempre foram, são e serão visadas pela imprensa, porque os “pobres mortais” querem saber o que as mesmas andam aprontando. Não tem jeito. Se ele não gosta, que tal passar a vender água de coco na praia? Ou agenciar garotas de programa? Ou ainda vender camisetas? O bônus é bom, mas o ônus não o agrada? Haja frescura! 

*******

Tomou frango, sim, e ponto final!
A imprensinha continua a mesma. Até o próprio Rogério Ceni admitiu que tomou um frango no jogo contra o Bragantino. Coisas da vida, que acontecem com qualquer goleiro, mesmo com um do gabarito dele. Mas não teve jornalista tentando livrar a cara do “goal keeper” do Jardim Leonor, não só dizendo que a bola entrou de forma acidental, como garantindo que ele não é de tomar gols bestas? Meu Deus! Chutando por baixo, Ceni deve ter sofrido pelo menos uns 20 frangos na carreira, o que não é demérito algum. Por que tentar minorar isso? Só porque o cara joga no time presidido por J.J. Whisky? 

*******

Muricy só mostra os dentes na hora errada
O excelente treinador da agremiação do outro lado do muro recebeu o apelido de “sem dentes” deste colunista pelo fato de quase nunca sorrir. Ele só mostra os caninos ao rosnar contra algum repórter, como fez no domingo passado contra um profissional da ESPN Brasil. Embora a emissora tenha tido uma atitude digna ao se recusar a cobrir coletivas do “bravinho”, tremo só de pensar o que ocorreria se o protagonista dessa história fosse Vanderlei Luxemburgo. Bobeou, rolava até processo. 

*******

Semana que vem tem mais, se Deus quiser, e ele há de querer! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição para a coluna!

*******

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras.