A Vida dos Outros

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

*********************************************************************************
Luis Chiliquenta apronta mais uma e deixa Tricolixo na mão

Certos jogadores parecem nascer com o dom de arrumar encrencas durante toda a duração de suas carreiras. Luis Fabiano, atacante daquele time do Jardim Leonor, é um dos casos mais emblemáticos desse tipo de “profissional”, sempre prestes a deixar os clubes que defendem no chamado mato sem cachorro.

Desta vez, Chiliquenta tocou o puteiro no jogo de ida da final da Copa Sulamericana. Em pleno estádio La Bombonera, na Argentina, o atacante, do nada, resolveu defender o amiguinho Marcelucas e, de forma inexplicável, partiu para cima do jogador Donatti, do Tigres.

O goleador não conseguiu nem ao menos acertar o pontapé que tentou desferir no defensor argentino, ao contrário de uma célebre voadora que deu em um atleta adversário na década passada.

Mesmo assim, a ação se mostrou suficiente para que o juiz da partida, sem outra alternativa, desse o vermelhinho e expulsasse o atacante. Detalhe: isso ocorreu quando apenas 13 minutos haviam se passado da partida.

E o cara tem 32 anos de idade, ou seja, há muito deixou de ser moleque ou um mero juvenil. Sua entrevista após o jogo entrou para a história como uma das mais patéticas de todos os tempos.

Resultado: o time presidido por J.J. Whisky não terá seu jogador mais importante na partida que definirá o campeão do torneio continental.

Sorte de Bambi Ceni e sua turma que seu rival argentino está mais para Tigre Sem Dentes do que para qualquer outra coisa. Mas se o time apanhar, já viu para quem vai sobrar a conta…

*********************************************************************************
Vai, Ultimão, vai, vestindo verde, dar vexame lá no Japão!

Que a imprensa ama o small club curíntia, isso ninguém tem dúvidas. Mas a coisa chegou às raias do insuportável nas últimas semanas, algo com que toda pessoa com um mínimo de sensatez concorda.

Ou você está curtindo a milésima reportagem com algum mané que vai deixar mulher e família no Brasil para encher o saco dos nipônicos no outro lado do mundo? É de irritar até monge tibetano.

Mas ao menos um belo mico o clube que revelou luminares da bola como Baré, Embu e Jacenir terá de pagar na Terra do Sol Nascente. Como você certamente já está sabendo, eles serão obrigados a jogar com um anúncio verde em sua abominável camisa.

A Fifa obrigou todos os clubes participantes do seu Mundial de Clubes a imprimir em suas camisas um anúncio do Football For Hope, projeto social criado pela entidade que rege o futebol mundial, que tem o verde como sua cor principal.

Os dirigentes alvinegros chiaram, gritaram e espernearam, mas terão de chupar essa manga verde. Será que se eles perderem esse título será essa a desculpa para a derrota? Como diria Homer Simpson, conveniente, heim?

*********************************************************************************
Super Lulinha, quem diria, vai sair do Ultimão valendo nadinha

Há cinco anos, o jovem Luiz Marcelo Morais dos Reis ganhou um incrível destaque por parte da imprensa especializada. Com o apelido Lulinha, o sujeito era tido como uma espécie de novo Pelé.

A badalação em torno do cara era tanta que o Ultimão, clube que o revelou, assinou com ele um contrato com multa contratual no valor de aproximadamente R$ 105 milhões. Pois bem. Logo a seguir, a equipe alvinegra foi rebaixada para a Série B do Brasileirão, e começava a decadência de seu ídolo de papel de pão.

Após ficar mais um tempo no clube sem fazer nada e passar de forma apagada por clubes como os portugueses Estoril e Olhanense e pelo Bahia, o jogador terá o tal contrato milionário encerrado no fim deste mês.

Adivinhem por quanto ele renovará com o curíntia? Quem chutou zero acertou em cheio. A equipe que o revelou, após gastar uma fortuna com sua “joia da coroa”, irá deixa-lo ir embora de graça. Detalhe: Lulinha tem apenas 22 anos. Que mico, heim?

Se esse fim patético ocorresse com um jogador do Palmeiras, podem ter certeza de que teríamos manchetes e mais manchetes negativas tirando sarro do nosso time. Como isso ocorreu com o small club, o fato está passando praticamente batido.

*********************************************************************************
Fuleco, bolas cafusa e brazuca, múmias no comando…

Atualmente, um comercial de um fabricante de cervejas tira sarro da cara de quem prevê o fracasso da Copa do Mundo de Futebol de 2014, chamando essas pessoas de pessimistas. Pelo andar da carruagem, acho que realistas era um termos melhor para definir quem pensa dessa forma

Afinal de contas, fica difícil acreditar no êxito de uma competição na qual fica cada vez mais evidente o fato de que muito dinheiro está sendo desperdiçado em estádio inúteis, infraestrutura precária e empresas tão confiáveis como o político José Dirceu.

Se com Ricardo Teixeira I e Único a coisa já era de dar medo, com a dobradinha Matusalém Marin e Del Naso temos agora algo como os filmes A Hora do Pesadelo e Sexta-Feira 13, como Freddy Krueger e Jason Voorhees andando juntos e apavorando a todos.

O mais curioso fica por conta dos nomes que andam batizando alguns símbolos do mundial. A bola que será usada na Copa das Confederações de 2013, por exemplo, recebeu um nome que o saudoso Mussum teria adorado: cafusa.

A bola da Copa será a brazuca, enquanto o simpático tatu-bola ataca de fuleco. Dá para encarar? Pior foi dar o comando da Selenike aos ultrapassados “Antonio Carlos” Parreira e Luis Felipe Scolari, com a desculpa de que “precisamos de gente experiente no comando”. Dá para torcer para a Selenike desse jeito? E viva os pessimistas!

******************************************************************************
A volta de Caio Júnior, para alegria do Goleiro Verde

Se há um treinador que Raul Bianchi, o Goleiro Verde, admira profundamente, ele atende pelo nome Caio Júnior. Desde sua passagem pelo Verdão, em 2007, o comentarista da Web Rádio Verdão não economiza “elogios” a esse profissional.

Pois Bianchi pode ficar alegre. O ex-treinador de Palmeiras, Botafogo, Flamengo, Grêmio, Al-Gharafa, Al Jazira e Paraná Clube voltará a comandar um clube brasileiro em 2013. E será de forma curiosa.

Após deixar o Bahia no final de agosto, alegando problemas particulares, Caio acaba de ser anunciado como o novo comandante do Vitória, o maior rival de seu clube anterior. Isso ainda vai dar muito o que falar entre os soteropolitanos, podem ter certeza.

O mais curioso, no entanto, é saber o que o ex-jogador e comentarista esportivo fez nesses meses longe dos gramados brasileiros. Ele estava nos EUA acompanhando os filhos, que estudam e jogam futebol no país de Barack Obama.

Já sei o que você deve ter gritado por aí: o que? Filhos de Caio Júnior jogando futebol? É o fim dos tempos! Daqui a pouco, o papai famoso indica um deles para um Vitória da vida…

*********************************************************************************
Semana que vem tem mais, se Deus quiser! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição, e aos frequentadores de Mondo Verde! E nunca se esqueçam: o bom-humor ajuda a evitar ataques cardíacos, derrames, tentativas de suicídio etc