A Vida dos Outros

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras. 

******

Mais uma piada pronta está a caminho,  querido Ultimão!

Não gosto de dar uma de Pai Dinah, mas aparentemente estamos em via de ver o eterno Time da Piada Pronta nos proporcionar mais uma de suas performances cômicas de tirar o fôlego. 

Após a patética festa pela classificação perante um rival do doer, o Vice da Gama, com direito a apenas um gol em dois jogos (e do tal do P*** que Paulinho!), o Ultimão está prestes a repetir 2000, quando chegou pela primeira e única vez em sua história a uma semifinal da Libertadores. 

Perceberam que o cenário se repete? Naquele ano, o time que já foi presidido por André Sanche, o adorável comedor de esses, também passou no sufoco nas quarta de final por um fraco rival brasileiro (naquele caso, o Patético Mineiro). 

Aí, tiveram de encarar nas semifinais o time que era naquele momento o atual campeão da competição, nosso amado Alviverde Imponente. Sendo que o curíntia também era o campeão brasileiro, na ocasião. 

Desta vez, caberá ao Santos, campeão da Liberta 2011, a missão de cravar a estaca no peito do São Jorge Genérico. 

Só resta saber quem será o Galeano 2012…

******

Goleiro Dida, quem diria, focou a Inglaterra e acabou na Lusa-1 

Cada dia fica mais claro que os times brasileiros resolveram se tornar times master. Afinal de contas, graças à queda da qualidade dos nossos jogadores, cada vez mais os atletas com mais de 30 se tornam as opções para quem tenta montar elencos ao menos razoáveis. 

A nova prova dessa opção pelos “velhinhos” vem da Lusinha. A equipe comandada pela dupla Inho (Geninho e Candinho) acaba de acertar com o goleiro Dida. Sim, Dida. Ele não encerrou a carreira, como muitos imaginavam, eu incluso no pacote. 

Com 38 anos, o ex-goleiro do Milan e da seleção brasileira estava parado desde julho de 2010, e após participar de um desses campeonatos caça-níqueis de futebol de areia ou coisa que o valha, recebeu (e aceitou rapidinho) o convite para voltar aos campos. 

Lógico que a aposta da equipe do Canindé em um jogador que está totalmente fora de jogo é justificável, pois vai fazer o que? Mas a coisa fica engraçada a partir da primeira entrevista concedida pelo novo guardião da meta lusitana. 

******

Goleiro Dida, quem diria, focou a Inglaterra e acabou na Lusa – 2 

Quando viu seu contrato com o Milan encerrado, Dida passou a apenas treinar e ficou um ano se preparando para tentar realizar o que definiu como o grande sonho de sua vida profissional. 

O ex-goleiro dos gambás confessou ao site Gazeta Esportiva que sua grande aspiração era jogar no futebol inglês. Ele justificou a opção da seguinte forma: 

“Gosto muito do futebol inglês, de ver os estádios cheios e dos jogadores de qualidade. Admiro o futebol bonito e gostaria de ter esse gostinho de atuar na Inglaterra, mas infelizmente isso não ocorreu”. 

Futebol bonito na Inglaterra? Sei lá, gosto não se discute. Mas o mais engraçado é ler nas entrelinhas dessa declaração. Ou seja, se ele falasse o que deve ter pensado de verdade. Lá vão as aspas fictícias: 

“É, galera, eu adoraria ter jogado na Inglaterra, com estádios cheios e salário milionário. Mas já que não deu, paciência, vou encarar a Lusinha da dupla dos Inhos tentando fugir do inevitável rebaixamento e com o Canindé lotado de espaços vazios”. 

******

Assis Bom Caráter roda a baiana por causa de camisas grátis 

Os leitores de A Vida dos Outros já se acostumaram com a presença constante, nesta coluna, do glorioso Assis Bom Caráter, irmão e empresário do mais famoso ex-atleta em atividade do mundo, Dentuço Carioca, o Pernalonga Genérico do mundo da bola. 

Dessa vez, esta figuraça aparece por aqui por ter protagonizado uma cena daquelas dignas de pastelão, dos Trapalhões ou do Pânico na Band, de tão grotesca. 

Na última terça-feira (22), Assis entrou na loja oficial do Flamengo e quis levar dezenas de produtos do clube. Obviamente, sem pagar. 

Lógico que a confusão se instaurou rapidinho no pedaço. Aí, para sair da encrenca, os vendedores tiveram de negociar com a direção do clube o pagamento. 

No fim das contas, Bom Caráter saiu do “lojinha” com dez camisas oficiais do menguinho sem tirar um puto do bolso. 

Reza a lenda que o clube do Ninho do Urubú deve a Ronaldinho Carioca em torno de R$ 5 milhões. Será que seu irmãozinho vai querer a bolada em mercadorias? Meu Deus!

******

Abelão fala demais e acaba dando bom dia à desclassificação 

Quem fala demais acaba dando bom dia a cavalo, reza um antigo deitado, digo, ditado. E o treinador Abel Braga demonstrou ser alguém que não respeita essa sabedoria jurássica. 

Ao se classificar na primeira fase da Libertadores como o time de melhor campanha, Abelão declarou que os outros clubes brasileiros só tinham enfrentado times fracos. Se achava o rei da cocada tricolor. 

Pois seu Flu-flu acabou sendo eliminado em casa pelo Boca Junior, clube tradicional que, no entanto, atualmente vive do que sobrou do Riquelme e do atacante Santiago Silva, o glorioso El Tanque. 

Para tentar justificar a eliminação precoce, o treineiro veio com essa: 

“Se fosse nos pênaltis, teria sido muito menos dolorido (a desclassificação), mas tenho quase certeza de que até nos pênaltis iríamos passar. Só os Deuses podem falar, não tem explicação. Saímos em um jogo no qual o meu goleiro não fez nenhuma defesa, o Boca jogou por um lance”. 

É, seo Abelão, ninguém tem culpa de o seu time depender tanto de jogadores como Fred e Deco, que ficam mais no departamento médico do que em campo… Fica quietinho da próxima vez, pode ser? 

******

Semana que vem tem mais, se Deus quiser! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição, e aos freqüentadores de Mondo Verde! E nunca se esqueçam: o bom-humor ajuda a evitar ataques cardíacos, derrames, tentativas de suicídio etc