A Vida dos Outros

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

 *****

Seria Chen Lee Bertadores o Adriano Emperrador da China?
Para aqueles hardys que insistem em acreditar que o Small Club Curíntia não é o clube da piada pronta, surge outra prova de que essa alcunha não sairá de lá tão cedo. Não mesmo!

Chen Zi Zhao, ou Zizao, ou Chen Lee Libertadores, ou Messi Fu, ou como você preferir, sofreu sua segunda contusão no ombro desde que chegou ao clube outrora presidido por André Sanche, o adorável comedor de esses e amigão do Goleiro Verde.

O craque chinês, que desde que aportou no Brasil já fez de tudo (passeio pelos pontos turísticos de São Paulo, festas, lançamentos, matérias para TV etc), menos jogar bola (ôôôôô), teve nova luxação no ombro esquerdo.

Ele já havia se machucado na mesma região do corpo há pouco mais de um mês, e será avaliado neste sábado (5).

Se precisar operar, ficará pelo menos três meses longe dos gramados…do CT curintiano, obviamente, por que até hoje o china boy só foi relacionado para uma partida, no dia 15 de abril, contra a Ponte Preta, e ficou de gerente no banco.

Seria Chen Lee Bertadores uma espécie de Adriano Emperrador da China? Isso é que é ação de marketing, heim?

 *****

No time de J.J. Whisky, Leão Tarja Preta agora virou gatinho
Nada como o tempo para amansar as pessoas. O tempo ou a necessidade de manter o emprego, o que vier antes. O novo exemplo a referendar essa tese é Leão Tarja Preta, técnico favorito de Flávio Canuto, cujo sonho é leva-lo para dirigir o Canuto All Stars.

Na última quarta-feira (2), o presidente tricolor, J.J. Whisky a Ga-gá, ordenou que o zagueiro Paulo Miranda (aquele mesmo Jonatan Doin que tivemos de aguentar há alguns anos) fosse tirado da concentração cor de rosa. Ele estava escalado por Tarja Black para enfrentar a Ponte Preta no jogo de ida da Copa do Brasil.

Em outros tempos, o ex-goleiro teria no mínimo feito um escarcéu, ou até mesmo pedido o boné e ido balançar sua juba em outra freguesia. Não desta vez.

Embora tenha demonstrado irritação, o treineiro acatou bem mansinho a ordem de seu presidente, no melhor estilo “manda quem pode e obedece quem tem juízo”.

O mais engraçado é o fato de, mesmo assim, o Tricolixo ter levado uma traulitada na cabeça em Campinas, apanhando por 1 a 0 graças a mais uma falha de sua defesa. Quem será afastado agora, seo J,J.? Rodolpho Vampiro Brasileiro? Miau!

 *****

Time de Tamborim, Dentuço e Prancheta terá cartilha; pode?
Se o time da piada pronta nacional (mundial?) é o Small Club, podemos considerar o Flajuto de Patrícia Tamborim como forte candidato a integrar o top 5, no mínimo.

Ou dá para levar a sério a última notícia surgida por lá? O que, você não está sabendo? Pois A Vida dos Outros cumprirá sua faceta jornalista e irá informar a todos vocês, meus cinco leitores.

O gerente de futebol daquele clube carioca, Jairo dos Santos, afirmou que será adotado por lá uma cartilha de bons costumes, como forma de controlar as atividades extracampo de seus atletas.

Logo que o assunto veio à tona, Joel Prancheta e Ronaldinho Gente Boa ironizaram a iniciativa de sua diretoria, sendo que o ex-atleta em atividade garantiu que no Barcelona não tem disso.

Aí, o gerentão, irritadiço, soltou a pérola:

“Já falei e volto a repetir. Os clubes precisam de normas, regulamentos, e aqui não vai ser diferente. Vamos ter manual de conduta, sim. Quem não seguir o que for pedido, está fora”.

Tudo bem. Resta saber se Miss Tamborim vai ter a manha de obrigar Pernalonga Genérico a cumprir tal cartilha. Logo, logo, Assis Bom Caráter aparecerá com aquelas histórias de “temos propostas, precisamos sentar para conversar etc”.

 *****

De quem é a Taça das Bolinhas? A novela que nunca acaba!
Há muitos anos não tenho mais saco para assistir novelas televisivas. Confesso que quando moleque e adolescente eu não perdia uma, mas isso era nos jurássicos anos 1970. Agora, novelas futebolísticas, isso eu nunca aguentei mesmo.

E a maior de todas, que pensávamos estar em vias de ser encerrada, volta a ter novos e “emocionantes” capítulos. O título da atração, digna do SBT: De Quem é a Taça das Bolinhas?

Sim, aquela disputada por Flamengo e São Paulo em função do tumulto em torno de quem seria o campeão brasileiro de 1987 (Fla ou Sport?), o que alteraria a ordem do primeiro clube pentacampeão brasileiro a partir do surgimento dessa taça “emboladinha”.

No capítulo anterior da disputa, o troféu havia sido enviado ao clube de J.J. Whisky a Ga-gá. Mas uma ordem judicial ordenava há algum tempo que a prêmio voltasse às mãos da Caixa Econômica Federal.

Como as meninas rosas não queriam permitir que a mesmo saísse de seu covil, digo, sede, a Justiça autorizou que uma força policial fosse lá para recuperar o laurel (quantos sinônimos mais de taça eu conseguirei arrumar? Meu Deus!).

Para escapar do vexame de ser invadido pelos “home”, o diretor jurídico do clube, Kalil Abdalla, garantiu ao UOL que já devolveu a taça (chega de sinônimos!) a quem de direito. Mas afirma que o clube continuará lutando por ela.

Resumo: essa luta ainda vai longe. E meu saco acaba de explodir!

 *****

É hora de ficar de olho no esquema Del Nero/Matusalém Marin
O bom humor costuma predominar aqui nesta coluna, mas tem horas em que precisamos levar a sério certas coisas.

Deste que o são-paulino José Maria Marin assumiu o comando da CBF, certas coincidências favorecendo o clube do Jardim Leonor voltaram a acontecer.

O apito amigo esteve presente na partida entre Sâo Paulo e Santos, mas nem assim o clube conseguiu escapar de ser atropelado por Neymar e sua turma.

O adiamento da primeira partida do mata/mata entre São Paulo e Ponte Preta também não teria ocorrido em outros tempos. E o melhor de tudo veio na quarta-feira (2).

A Federação Paulista de Futebol, comandada por Naso Del Nero, determinou que as duas partidas entre Santos e Guarani que decidirão o título do Paulistão 2012 serão realizadas no estádio do Morumbi.

Detalhe: o estádio só vinha sendo usado nos últimos anos em decisões quando o Tricolixo estava envolvido.

E em 2008, como todo palmeirense se lembra, jogamos a primeira em Campinas e a segunda em São Paulo, contra a Ponte Preta, pela decisão daquele campeonato. Del Naso já era o presidente da FPF.

Um time é de Santos, o outro, de Campinas, e a decisão vai ocorrer em dois jogos no estádio em outra cidade e de outro clube, que faturará uma grana muito benvinda, por sinal? Se isso não é suspeito, meu nome é Mustafá Contorcido…

Semana que vem tem mais, se Deus quiser! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição, e aos freqüentadores de Mondo Verde! E nunca se esqueçam: o bom-humor ajuda a evitar ataques cardíacos, derrames, tentativas de suicídio etc