A Vida dos Outros

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

*****

Adriano “Emperrador” mostra como ganhar dinheiro na moleza-1
Se há um cidadão no Brasil atual que consegue ganhar um dinheirão na maior moleza, é o glorioso Adriano “Emperrador”. A mais nova vítima do atleta foi o nosso estimadíssimo Freguês Fiel.

Após ficar um ano enganando, digo, treinando nas instalações da agremiação outrora presidida por André Sanche, o adorável comedor de esses, Dri Tonelada recebeu o cartão vermelho na última segunda-feira (12) de seu empregador.

Os números provam o quanto o ex-atacante da seleção brasileira se deu bem nessas férias paulistanas. Durante tal período, ele jogou em oito partidas, tendo feito dois gols. Dois, com média de um gol por semestre. Vai entrar pro Guiness?

Para obter tal resultado, o Ultimão pagou algo em torno de R$ 4 milhões para o ex-atleta em atividade. Quantia que a maior parte dos trabalhadores brasileiros não conseguirá obter nem em toda sua carreira profissional, que dirá em um aninho. E ainda sem fazer nada!

*****

Adriano “Emperrador” mostra como ganhar dinheiro na moleza-2
Como diriam aqueles divertidos infomerciais televisivos, “mas não é só isso!” Para conseguir rescindir o contrato com Adrianus Emperrador, o clube precisará desenbolsar mais uma graninha. E que graninha…

Nesta sexta-feira (16), os dirigentes alvinegros tiveram uma reunião com o procurador do atacante, Luiz Cláudio Menezes, e ainda não conseguiram chegar a um acordo. Novas negociações irão rolar na próxima semana.

A equipe teria de pagar a Ardianus os salários que faltam até o fim do contrato com a equipe, algo em torno de R$ 1.5 milhão. Boatos garantem que o curíntia estaria disposto a pagar no máximo metade desse valor, o que obviamente o procurador não irá aceitar.

Esse foi provavelmente o maior mico já pago por um time paulistano com uma aposta em um atleta que já viveu dias de glória, mas que atualmente está mais para Brasília amarela do que para Ferrari.

Ah se tivesse sido o nosso amado Alviverde Imponente a entrar nessa fria! Seríamos manchetes dos cadernos esportivos por no mínimo uma semana, ironizados e avacalhados. Felizmente escapamos!

*****

Adriano “Emperrador” mostra como ganhar dinheiro na moleza-3
Mas não é só isso! Enquanto o ex-clube de Betão, Wilson Mano, Baré, Embu e outros “luminares” da bola dá graças a Deus de ter se livrado do jogador, já tem gente querendo enfiar a mão nesse adubo não enriquecido.

Segundo a imprensa carioca, a presidente Patrícia Tamborim, do Flamengo, estaria sendo pressionada pela sua torcida para trazer Dridri Furacão de volta ao ninho do urubu.

Segundo se comenta, alguém teria dado a genial ideia à dirigente de apresentar aos representantes do centroavante a proposta de um contrato de risco.

Vale a lembrança: o vínculo entre o Impera a Dor e seu ex-empregador foi feito com esse mesmo conceito “de risco”. Os dirigentes comemoraram o fato de não precisarem pagar pelos direitos federativos do jogador, quando o trouxeram.

No fim das contas, no entanto, ficaram a ver navios e ainda pagaram um dinheiro significativo. Nem é preciso dizer quem realmente corre risco se assinar com esse jogador. E fica a torcida para que o Imperador da Banha vá mesmo para o Rio fazer parceria com Ronaldinho Dentuço e Vagner Hate. Eles se merecem.

*****

Joel Prancheta vai acabar pedindo adicional por insalubridade
E já que o assunto é o ex-clube de Wanderlei (ou Van Der Ley, Ou Van Der Rota, ou Wan Essa Ex-Camargo, ou sei lá!) Luxemburgo, vale uma previsão não muito difícil de se acertar.

Acho que, em breve, Joel Prancheta, o atual comandante do time rubro-negro carioca, vai acabar pedindo à presidenta Tamborim um adicional por insalubridade.

Afinal, não deve ser fácil treinar alguém como Ronaldinho Irmão do Assis. Vide o que rolou esta semana. Após estar ganhando fácil do Olímpia do Paraguai por 3 a 0, sua equipe permitiu ao adversário chegar ao empate em poucos minutos, e em pleno Engenhão.

Pouco depois, Dentuço Bom Caráter podia ser visto (e fotografado) em uma festa de celebridades no luxuoso hotel Copacabana Palace, algo que deixou seus torcedores extremamente “felizes”. Certamente a música Tô Nem Ai deve ter tocado a noite inteira por lá…

O resultado embolou o grupo do Menguinho na Libertadores, com o agravante de que, no segundo turno, o clube terá de jogar duas partidas fora (contra o próprio Olímpia e o Emelec, do Equador) e apenas uma em casa (contra o Lanús, da Argentina). Socorro!

*****

José Maria Marin no comando da CBF é piada pronta antiga
Tanto pediram a saída de Ricardo Teixeira da CBF que o sujeito enfim se mandou. Mas nos deixou como herança seu vice, o impagável José Maria Marin, que deve completar o seu mandato até 2015, quando novas eleições deverão ser realizadas na entidade.

Trocar Teixeira por Marin é algo como substituir uma múmia egípcia por um dinossauro de Jurassic Park. Aliás, vale a lembrança: quando Teixeira assumiu a CBF em 1989, sua missão era exatamente substituir os dirigentes das antigas, como o tal Marin.

Isso é o que pode ser chamado de piada pronta e antiga. O ex-vice de Paulo Salim Maluf, que completou o mandato de governador do amigão em 1982-83, também comandou a Federação Paulista de Futebol entre 1982 e 1988.

Já apelidado de Zé das Medalhas por causa do bizarro caso da medalha que embolsou durante a premiação da Copa São Paulo de Futebol Júnior, Marin certamente poderá conseguir a absurda façanha de nos deixar com saudades do Teixeirão. E viva o “moderno e organizado” futebol brasileiro…

*****

Semana que vem tem mais, se Deus quiser! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição, e aos freqüentadores de Mondo Palmeiras! E nunca se esqueçam: o bom-humor ajuda a evitar ataques cardíacos, derrames, tentativas de suicídio etc