A vida dos outros

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

******

O modelo de planejamento continua firme e rosa-1
Não, meu caro leitor. Você não está lendo novamente a coluna da semana passada, nem o glorioso Flávio Canuto trocou o arquivo de Word enviado por mim e colocou coisa antiga por aqui. É que o time dirigido pelo valoroso J. J. Whisky continua merecendo abrir isso aqui com chave de ouro. O “time mais organizado do Brasil e exemplo para todos” continua dando de goleada no quesito desopilar nossos fígados. É gargalhada em cima de gargalhada.

******

O modelo de planejamento continua firme e rosa-2
Durante a semana que antecede a primeira partida da semifinal da Libertadores, para a qual elas se classificaram “na bamba”, como diria meu pai Fuad Chacur (que faria 101 anos hoje se estivesse vivo- mas está, no meu coração!), a diretoria daquela joça se envolve em ridícula polêmica em torno de se demite ou não Ricardo Gomes. Mais: deixam o nome de Dunga Zangado vazar como possível substituto. Que hora adequada, heim ? Se fosse no nosso Alviverde Imponente, essa notícia teria destaque até no Jornal Nacional. E as declarações de seus dirigentes foram simplesmente dignas dos Trapalhões.

******

O modelo de planejamento continua firme e rosa-3
Para completar o circo de soleil rosa, as meninas do Jardim Leonor acabam de anunciar a contratação de Ricardo Oliveira especialmente para disputar a Libertadores. Só que tem um pequeno detalhe, revelado na própria nota sobre o tema: o jogador precisará de pelo menos duas semanas para entrar em forma. Ou seja, vai perder o primeiro jogo contra o Internacional e tem tudo para ficar de fora do segundo, também. Se o Tricolixo levar a traulitada nas fuças que merece e cair fora do torneio, Oliveira ficará igual a Caio Júnior em 2008: achou que treinaria o Flamengo na Liberta e não fez isso pelo fato de o clube ter sido eliminado daquele torneio no dia em que ele chegou. E viva a organização rosa!

******

Muricy Sem Dentes deixa Ricardo Teixeira I com cara de Bozo
A escolha do novo treinador da seleção brasileira está hilariante. Quando todos já acreditavam que o sucessor de Dunga Zangado já estava acertado e de contrato assinado, Dom Ricardo Teixeira I provou que é integrante da escola de samba unidos do improviso. Convidou Muricy Sem Dentes na manhã desta sexta (23) e teve de pagar o mico de ouvir um não público, com o Flu-Flu não liberando o seu profissional. Algo previsível, levando-se em conta que o clube e a CBF não estão na mesma sintonia faz tempo. Teixeirão é outro cartola que honra a dinastia dos dirigentes de futebol no Brasil. Vai ser incompetente lá no time da Marginal Sem Número!

******

Pra não dizer que não falei de Ducho e seus gambás…
Se há uma agremiação futebolística que ajuda a me manter bem-humorado, ela atende pelo nome Esporte Clube Curíntia Paulista. Só mesmo Ducho (o eterno ausente) e seus gambás amestrados para perderem uma longa invencibilidade de nove jogos no Brasileirão para o lanterninha do campeonato, o Atlético Clube Goianiense. Três a um, com direito a golaços, vexames e muito mais. E a tal liderança já era, também. Pelo visto, é colocar o espumante na geladeira e aguardar mais um pouco para comemorarmos o Semtenário dos caras, definitivamente sem títulos e com vexames. Saúde!

******

Semana que vem tem mais, se Deus quiser! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição, e aos freqüentadores de Mondo Palmeiras! E nunca se esqueçam: o bom-humor ajuda a evitar ataques cardíacos, derrames, tentativas de suicídio etc

******

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário de Mondo Palmeiras.