A vida dos outros

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

*****

Apito amigo para empatar com o Figueirense
A partida entre Jardim Leonor e Figueirense, realizada na quarta-feira, equivaleu a um claro escândalo do apito amigo. A equipe treinada por Muricy Sem Dentes precisou da ajuda de Evandro Rogério Roman para sair de lá com um empate chinfrim. Dois pênaltis absurdos não foram marcados a favor do time catarinense, um no qual Aloísio saltou e deu uma cortada na bola em plena área, e outro no qual Richarlyson (sempre ele) enfiou um bico nos fundilhos do pobre atacante Hugo Sales. Nem assim conseguiram vencer. Favoritos ao título?

*****

Sem parceiros? Acredite, se quiser!
E corre por aí a notícia de que a equipe presidida por J.J. Whisky conta com apenas 20% dos direitos federativos de Alex Silva, zagueiro que está na iminência de ser vendido ao exterior para cobrir o rombo nas finanças tricolores. E agora, como é que fica a cara dos Marco Aurélio Cunhas da vida, que sempre garantiram ser o timinho deles independente de parcerias ou empresários?

*****

Ed World continua o rei do tumulto
Grande craque, mas com alta capacidade para arrumar encrencas, Edmundo se superou. Logo após o atual time dele, o Vasco, enfiar 6 a 1 no Atlético Mineiro e se recuperar na tabela, o cidadão afirmou que os jogadores Leandro Bomfim e Jean fingiram contusões para não jogar, além de meter o pau na torcida e no meia Morais. E soltou a pérola: “sei que minhas declarações irão gerar polêmica, mas estou aqui para isso mesmo”. Tenho pena do pobre Antonio Lopes. Será que alguém ainda chora as pitangas pela saída do Animal do Verdão?

*****

Quando será que Cai o Júnior?
Parece praga de palmeirense. Após recusar proposta milionária do Qatar, Caio Júnior viu seu Flamengo despencar ladeira abaixo. Cinco partidas: dois empates e três derrotas, com ridículos dois gols a favor e cinco contra. Ainda assim, acha que está tudo bem. Ele, no mínimo, deve pensar que a diretoria do time carioca terá a mesma paciência que a nossa. Doce ilusão. Se perder no Maraca para o Cruzeiro no domingo, a batata do cidadão tem tudo para assar. Aí, será ele, e não Valdívia, quem irá precisar de carinho. Muito carinho!

*****

Buraco assassino tira Chicão dos Manos do Menezes
Enquanto isso, o time que lidera a Champions League de Itaquera continua proporcionando gargalhadas a todos que não torcem por ele. Seu zagueiro Chicão sofreu torção no tornozelo direito, vítima de um dos inúmeros buracos contidos no campo de treinamento que os Manos do Menezes utilizam, localizado no Parque Ecológico do Tietê. O lugar é pior do que os utilizados por times de várzea, e tem até cobras dando sopa, para quem vacilar. Isso, sem contar que as bolas costumam sumir. Como diria Roberto Avallone, meu Deus!

*****

Semana que vem tem mais, se Deus quiser, e ele há de querer!

*****

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras.