Fifa – Ambiente Familiar

Tenho certeza que você já passou em frente a um estabelecimento suspeito com uma placa na frente com os dizeres “Ambiente Familiar”, não? A função desta mensagem ali na frente é tentar derrubar qualquer dúvida sobre as qualidades do local, afirmando tratar-se de um local digno. Ora, palmeirense! Um local respeitável não precisa de uma placa que ateste a sua condição.  

Da mesma forma, um Campeonato não precisa de uma chancela oficial para que seja considerado um título de verdade. Temos material de sobra provando que a Copa Rio de 1951 foi realizada com o total apoio da FIFA, e seu presidente á época, Jules Rimet. Inclusive, foi enviado ao Brasil para supervisionar a realização do primeiro campeonato mundial do clubes, Ottorino Barassi,  que era o então secretário-geral da entidade.

A afirmativa do Sr.Blatter de que o primeiro campeonato seria o de 2000, repetida ad nauseam pelo Galvão Bueno ontem na TV, não tira os méritos da Sociedade Esportiva Palmeiras em sua conquista, mas joga uma pá de cal no que restava de credibilidade a este senhor e a entidade que preside. Será mesmo que esta é a mesma FIFA que nos deu a taça de 51 depois de uma vitória e um empate heróico com a poderosa Juventus?

Ainda me lembro dos tais relatórios que representantes da FIFA fizeram há poucos meses sobre o Brasil, onde ressaltaram a ótima segurança de nossos estádios e cidades, e pasmem, uma impecável infraestrutura de transportes!

Melhor parar por aqui, para mim, a tal FIFA cada vez mais se parece com um boteco suspeito. Alguém os lembre da placa, por favor.

Abraço a todos!