Palmeiras perdeu, mas marcou um gol importante em Porto Alegre

Apesar da luta pela conquista do Brasileirão, o Palmeiras foi a Porto Alegre pra vencer. Tanto que apenas o lateral Jean foi poupado para esta partida, que já começou com aquele espírito de mata-mata.

Muita correria, muita velocidade, jogo pegado e com uma arbitragem sem nenhuma expressão e personalidade para lidar com uma partida tão grande. Mais um erro da CBF.

Cuca apostou no pesado Fabiano para a lateral-direita e a escolha se mostrou um desastre logo nos primeiros minutos. O Palmeiras já sofre muito sem o Jean, um jogador fundamental para essa equipe, com Fabiano a coisa fica pior ainda.

Apesar do espaço, da liberdade para chegar até a área adversária, o Palmeiras sofreu muito com a falta de precisão nos passes de Tchê Tchê e Moisés. Os dois volantes/meias também são fundamentais para o ataque funcionar bem.

Também sofremos na marcação. Gabriel jogou mal e novamente substituído no intervalo. A zaga ficou sobrecarregada e o Grêmio aproveitou para fazer dois gols no primeiro tempo.

Voltamos para a segunda etapa com o Leandro Pereira no comando do ataque. Com um pênalti marcado sobre o Gabriel Jesus, o Palmeiras conseguiu diminuir a vantagem do Grêmio e os gaúchos sentiram o baque.

O jogo melhorou muito e por muito pouco conseguimos o empate com Lucas Barrios, que entrou no lugar de Roger Guedes. Ainda assim, a boa vantagem do Grêmio foi pro espaço.

Com o gol marcado em Porto Alegre, uma vitória por 1 a 0 no Allianz Parque nos garante na semifinal da Copa do Brasil. Como vamos conciliar isso com a luta para conquistar o Brasileirão? Isso a gente vê lá na frente.

O mais importante agora é que o Palmeiras faça um jogo melhor em Recife, contra o Santa Cruz. Acredito que podemos jogar muito mais do que estamos jogando atualmente com as mesmas peças em campo, contanto que eles rendam mais. Ou não?

Abraço a todos!