Palmeiras vacila e perde para Fluminense em SP

Por Fabian Chacur

Em partida bastante equilibrada na chuvosa tarde deste domingo (16) no estádio do Canindé, o Palmeiras perdeu para o Fluminense pelo placar de 2 a 1. Há muito não perdíamos no estádio da Lusa.

A derrota teve como determinante os ataques. Se o clube carioca conta com o sempre artilheiro Fred, nossa agremiação atualmente depende dos Fernandões e Ricardo Buenos da vida. Nem é preciso dizer quem se saiu melhor, nessas circunstâncias.

O jogo nem havia começado direito e o Fluminense já estava em vantagem no marcador. Aos 10 minutos, Carlinhos avançou pela esquerda do seu ataque e cruzou. Fred se livrou como quis da zaga alviverde e, de cabeça, abriu o placar.

Rafael Sóbis quase ampliou o placar aos 12 minutos, enquanto Ricardo Bueno, em sua melhor aparição na partida, chutou forte e exigiu boa defesa de nosso ex-atleta, Diego Cavalieri, dois minutos depois.

Para nossa sorte, o que cheirava a uma goleada logo se tornou um jogo mais equilibrado, especialmente pelo fato de o Fluminense ter inexplicavelmente tirado o pé do acelerador.

Aos 32 minutos, Murtosa (hoje no lugar de Felipão, que foi no casamento do filho, em Portugal) tirou Paulo Henrique e colocou Rivaldo em seu lugar. O time criou duas boas chances, aos 41 minutos (com Rivaldo) e aos 44 (com Luan), mas nada de gol.

No segundo tempo, o Fluminense veio ainda mais desinteressado da partida, com pinta de quem desejava apenas e tão somente um contra-ataque para matar o jogo, e que sabia que conseguiria isso mais cedo ou mais tarde.

O Palmeiras, então, ficou com o jogo em suas mãos, mas esbarrou na falta de qualidade de seu ataque, além de sentir falta da bola parada de Marcos Assunção.

Aos 26 minutos, pênalti para o Verdão, que o esforçado Valdivia converteu aos 27 minutos. A esperança de uma vitória voltou, mas a incapacidade de conclusão da equipe continuou se mostrando um fator determinante para que nada ocorresse.
Aí, aos 40 minutos, Martinuccio (aquele) recebeu bom passe e, em cruzamento, encontrou Fred em condições de finalizar.

Nem é preciso dizer que o atacante, ao contrário dos nossos, não perdoou. 2 a 1 Fluminense. Thiago Heleno tomou o terceiro amarelo e não enfrentará o Figueirense, na próxima rodada.

Isso fará alguma diferença?