24 de novembro de 2022
Início » A HORA DA NOTA – Inter 3×0 Palmeiras

A HORA DA NOTA – Inter 3×0 Palmeiras

Por Fabian Chacur

Com o título brasileiro definido desde a 35ª rodada, era de se esperar que o Verdão caísse de rendimento, e até que a campanha foi muito boa. Foram duas vitórias, um empate e uma única derrota, a sofrida na tarde deste domingo (13) no Beira Rio. Inter 3×0 Palmeiras, com o time gaúcho garantindo o vice-campeonato, a 8 pontos do Alviverde Imponente.

No primeiro tempo, o time de Abel Ferreira entrou sem a menor concentração, enquanto os comandados de Mano Menezes vieram com tudo. Resultado: 1×0 logo aos 9 minutos, em bela finalização de Maurício. Afora uma rara oportunidade, o Palmeiras nada fez, e o segundo gol do adversário veio aos 38 minutos, com finalização do atacante Alemão.

Com duas alterações, o Verdão iniciou melhor a etapa final, e criou três boas oportunidades de gol, sendo uma com uma bela bicicleta de Rony que bateu na trave. A partir dos 15 minutos, no entanto, o time caiu de produção, não criou praticamente nada e levou como castigo o 3º gol, de Braian Romero. E acabamos o campeonato como iniciamos, com derrota. Mas campeões!

 

AS NOTAS DOS JOGADORES DO PALMEIRAS

 

VINÍCIUS-5,0

Nada de muito entusiasmador na atuação do nosso terceiro goleiro.

 

MAYKE-6,0

Abaixo de suas atuações anteriores, e ainda assim um dos melhores do Verdão nessa partida fraca.

 

LUAN-5,0

Bem sem ritmo de jogo.

 

MURILO-6,0

A garra de sempre, mas foi engolido pela disposição do ataque do adversário.

 

VANDERLAN-5,0

Atuação bastante burocrática e sem o brilho que ele tem habitualmente.

 

DANILO-6,0

Se não foi uma beleza, conseguiu ao menos ir melhor do que vários colegas de equipe.

 

ATUESTA-4,0

Mal na armação, na marcação, nos passes… Saiu no intervalo para a entrada de GABRIEL MENINO-3,5, que conseguiu a façanha de ir ainda pior.

 

GUSTAVO SCARPA-4,0

Não dava pra exigir muito do jogador após a linda despedida no Allianz Parque, e ele não foi visto em campo. Saiu no intervalo para a entrada de BRUNO TABATA-3,0, que na prática ainda não estreou com o manto sagrado alviverde. Fica para 2023.

 

DUDU-6,5

Mesmo sem brilhar, ainda assim foi o mais lúcido do time alviverde. Saiu aos 28 minutos do segundo tempo para a entrada de GIOVANI- 3,0, que entrou com o jogo já definido e não foi visto em campo.

 

ENDRICK-5,0

Bem abaixo da sua performance em rodadas anteriores, algo normal para alguém tão novo. Saiu aos 15 minutos do segundo tempo para a entrada de LÓPEZ-3,0, que foi bem fraquinho.

 

RONY-6,5

Quase faz o seu terceiro gol de bicicleta. Saiu aos 15 minutos do segundo tempo para a entrada de RAFAEL NAVARRO-5,0, que ao menos deu uma bela cabeçada defendida pelo goleiro do Inter.