6 de outubro de 2022
Início » A HORA DA NOTA – Palmeiras (6) 0 x 0 (5) Atletico-MG

A HORA DA NOTA – Palmeiras (6) 0 x 0 (5) Atletico-MG

Por Fabian Chacur

Weverton ganhou um novo sobrenome na fria e chuvosa noite desta quarta-feira (10), no Allianz Parque. Agora, ele é Weverton Marcos! Além de uma partida maravilhosa, na qual fez grandes defesas, com o seu time jogando com um a menos durante mais de uma hora, ele pegou o pênalti que classificou o Palmeiras para a semifinal da Libertadores 2022.

No tempo regulamentar, o Atlético-MG não soube aproveitar a vantagem que ganhou aos 28 minutos, quando Danilo foi expulso. Até ali, a partida estava bem equilibrada, com muita marcação e quase nenhuma chance de gol. A partir dali, a equipe mineira tinha tudo para deslanchar.

No entanto, com muita garra e entrega, os jogadores alviverdes dificultaram a vida do time treinado por Cuca. E quando conseguiam mandar alguma bola pro gol, Weverton Marcos se incumbia de manter o zero no marcador, com pelo menos três grandes defesas. Aos 36 minutos do segundo tempo, Gustavo Scarpa foi expulso, e nem assim o Galo conseguiu o seu gol.

Nas cobranças por pênaltis, desta vez o Verdão foi preciso. Converteu as suas seis cobranças, com Rafael Veiga, Gustavo Gómez, Zé Rafael, Piquerez, Rony e Murilo. O Atletico-MG perdeu com Rubens, que entrou na etapa final, e coube ao Murilo sacramentar a nossa classificação para pegar Athletico-PR ou Estudiantes de La Plata em mais uma semifinal da Liberta, a 4ª em cinco anos.

 

AS NOTAS DOS JOGADORES DO PALMEIRAS

 

WEVERTON-10,0

Hoje, Weverton teve a sua noite de Marcos. Além de fazer uma partida perfeita, com direito a grandes defesas, garantiu a classificação do Verdão para as semifinais ao defender o pênalti de Rubens. Como alguém tem coragem de meter o pau em um goleiro desses?

 

MARCOS ROCHA- 6,5

Sim, errou alguns passes, mas sua experiência se mostrou muito importante para segurar o ímpeto de sua ex-equipe com um jogador a mais. Saiu aos 43 minutos do segundo tempo para a entrada de MAYKE-SEM NOTA.

 

GUSTAVO GÓMEZ- 8,5

Um leão em campo, limpando a área nas jogadas aéreas. De quebra, ainda marcou o seu nas cobranças de pênalti. Que partidaça!

 

MURILO-8,5

Partida primorosa, com direito a um gol de pênalti, se redimindo mais uma vez do gol contra marcado no jogo de ida. Esse tem personalidade!

 

PIQUEREZ- 7,5

Muita raça durante toda a partida, e marcou um dos gols nas cobranças de pênaltis.

 

DANILO- 4,0

Vinha bem até ser muito infeliz e fazer uma falta que gerou a sua expulsão via VAR, aos 28 minutos do primeiro tempo. Ele deu uma escorregada e foi com um pouco de gás a mais na bola, mas não pode ser crucificado por isso. Acontece.

 

ZÉ RAFAEL- 7,5

Correu muito para suprir a falta de seu colega de meio-campo, e deu conta do recado, além de marcar o seu gol nas cobranças de pênalti.

 

RAPHAEL VEIGA- 7,5

Ainda não é o jogador brilhante do primeiro semestre, mas mesmo assim se mostrou muito útil, e de quebra voltou a ser o grande cobrador de pênaltis de sempre, guardando o seu.

 

GUSTAVO SCARPA -6,0

Vinha fazendo uma grande partida, mais uma vez, até perder a cabeça, ao receber uma falta que o juiz não marcou sabe-se lá porque e revidando na hora errada, aos 36 minutos do segundo tempo.

 

DUDU- 7,5

Chamou o jogo, criou algumas oportunidades e até ajudou na marcação quando o time ficou com um a menos. Saiu aos 43 minutos do segundo tempo para a entrada de LUAN- SEM NOTA.

 

RONY- 8,0

Mesmo ainda se recuperando de contusão, deu uma verdadeira aula de garra, dedicação e empenho, numa entrega que é produtiva e emociona quem ama tanto esse time, como eu. De quebra, ainda marcou o seu nas cobranças de pênalti.