2 de dezembro de 2022
Início » A HORA DA NOTA: Palmeiras 2(3) x (4)1 São Paulo

A HORA DA NOTA: Palmeiras 2(3) x (4)1 São Paulo

O Palmeiras começou jogando com aquela intensidade do início da temporada. Fez dois gols e deixou o adversário desnorteado. Depois, alternou bons e maus momentos na partida, mas ainda assim criou muitas oportunidades para ampliar o placar. Tivemos até pênalti perdido. 

Foi por pouco. A parte de tudo isso, tivemos a péssima arbitragem do Vuaden. O árbitro deixou de marcar um pênalti claro sobre o Dudu no primeiro tempo. E o Calleri estava impedido no lance onde foi apontada a “penalidade máxima” que definiu o placar da partida. Enfim, não deu, pelo menos agora a equipe tem mais tempo para treinar. 

 

CONFIRA AS NOTAS DOS JOGADORES

 

WEVERTON – 7,0

Pouco exigido no tempo normal. Pegou um pênalti e por muito pouco não pegou outros nas cobranças.

 

MARCOS ROCHA – 7,0

Fez uma boa partida, apoiando muito no ataque.

 

MURILO – 7,5

Seguro e muito bem na partida. Com fôlego extra para chegar ao ataque.

 

GUSTAVO GÓMEZ – 8,0

Um gigante. Sempre presente nas bolas aéreas. Praticamente anulou o Calleri na partida. 

 

JOAQUÍN PIQUEREZ – 8,0

Fez mais uma partida impecável. Até marcou um golaço. 

 

DANILO – 7,0

O volante teve um papel importante no meio-campo. Bem focado. 

 

ZÉ RAFAEL – 7.0

Ladrão de bolas. Marcou muito e ainda chegou ao ataque em várias vezes. GABRIEL MENINO – SEM NOTA.

 

RAPHAEL VEIGA – 4,0

Começou muito bem, jogando centralizado, mas perdeu dois pênaltis. O primeiro deles, foi o lance chave da partida. 

 

DUDU – 8,0

O pequeno gigante inspirado, e com espaço para jogar, é um jogador decisivo. Não entendi porque ele saiu. WESLEY – SEM NOTA.

 

GUSTAVO SCARPA – 8,5

Jogador importante demais para o time. Seja na lateral direita, seja no meio-campo, seja o no meio-campo, batendo pênalti, escanteio, falta…

 

GABRIEL VERON – 7,0

Depois de tudo o que aconteceu na semana entrou no time titular. Lutou muito em campo e saiu aplaudido. BRENO LOPES – 5,0