15 de agosto de 2022
Início » LIBERTADORES: Cenas de racismo viram rotina e a CONMEBOL nada faz

LIBERTADORES: Cenas de racismo viram rotina e a CONMEBOL nada faz

Depois do torcedor do Boca Juniors preso em Itaquera, e cuja fiança foi paga pelo governo argentino, um outro caso aconteceu nesta quarta-feira, em Guayaquil. 

Um torcedor racista do Emelec também fez gestos racistas para a torcida palmeirense que estava no estádio e até filmou a cena bizarra. A diretoria do Palmeiras se pronunciou a respeito. Veja abaixo:

Infelizmente, com a possibilidade real da Libertadores virar uma “Copa do Brasil” mais uma vez, essas cenas de racismo vão se repetir mais vezes. Resta saber como a Conmebol vai atuar nesses casos.

Até agora, o silêncio conivente dos cartolas sul-americanos serve como um incentivo para ataques racistas sejam cometidos nos estádios da América do Sul. E os clubes brasileiros? Vão ficar apenas emitindo “notinhas”?  Não dá.

Coragem, pessoal…vamos melhorar esse torneio dentro e fora de campo! Falta muito ainda!!!

Abraço a todos!!