1 de dezembro de 2022
Início » A VIDA DOS OUTROS – Edição 11 de 2022

A VIDA DOS OUTROS – Edição 11 de 2022

Por Fabian Chacur

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

*******

E NÃO É QUE TEREMOS MAIS DOIS GRE-NAIS?-1

Colunistas são seres peculiares que adoram dar opiniões por vezes furadas e também apostar em teses que nem sempre se concretizam. Este aqui não foge desse perfil. Na edição anterior de A VIDA DOS OUTROS, eu coloquei que poderíamos ter um único GRE-NAL este ano.

Pois errei miseravelmente. Teremos mais dois, um neste sábado (19) às 16h30 e outro na próxima quarta (23) às 22h15, ambos válidos pelas semifinais do Gauchão 2022. Ou seja, as cabeças de Roger Machado e Alexander  “Cacique” Medina continuarão a prêmio.

*******

E NÃO É QUE TEREMOS MAIS DOIS GRE-NAIS?-2

 Bem, pelo menos desta vez, posso cravar sem medo de errar que de fato serão os dois últimos GRE-NAIS do ano. Curiosamente, nem mesmo a final do campeonato os dois grandes rivais conseguirão fazer, algo que tem se repetido nos últimos anos.

O vencedor do clássico terá como adversário o vencedor do confronto entre Ypiranga e Brasil de Pelotas. Será que Roger ou Cacique poderá ser demitido se perder? Algo me diz de que, desta vez, os dois novamente escaparão da degola. Mas não garanto é coisa alguma! Gato escaldado…

*******

O SANTOS, QUEM DIRIA, CORRE NOVO RISCO DE CAIR-1

A decadência do Santos prossegue. Desde 2016, ele deixou de faturar campeonatos paulistas, que era a sua especialidade mais recente, e passou a se complicar nesse torneio, especialmente nos últimos dois anos. E 2022 pode manter essa dolorosa sina.

O clube praiano joga neste sábado (19) contra o Água Santa, e precisa ganhar e contar com derrotas de adversários para se classificar para as quartas de final do torneio. Se perder, corre o risco de ser rebaixado. Em 2021, enfrentou o mesmo risco, e escapou por pouco.

*******

O SANTOS, QUEM DIRIA, CORRE NOVO RISCO DE CAIR-2

O time agora treinado pelo meu xará, o argentino Fabián Bustos (FOTO), muito provavelmente escapará do rebaixamento no Paulistão, mas vai precisar ficar de olhos bem abertos no Brasileirão. Com um elenco recheado de meninos não muito promissores, pode penar.

Bons, temos apenas o que restou do Ricardo Goulart e o bom goleiro João Paulo. O clube tem conseguido se livrar do inédito rebaixamento no Brasileirão, mas terá em 2022 a batalha mais difícil de todas. Será que continuará com a sorte de sempre? A conferir.

*******

Semana que vem tem mais, se Deus quiser! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição, e aos frequentadores de Mondo Verde! E nunca se esqueçam: o bom-humor ajuda a evitar ataques cardíacos, derrames, tentativas de suicídio etc