26 de novembro de 2022
Início » A VIDA DOS OUTROS – Edição 10 de 2022

A VIDA DOS OUTROS – Edição 10 de 2022

Por Fabian Chacur

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

******

O GRE-NAL DA SOLIDARIEDADE ENTRE BONS RIVAIS-1

Após suas vergonhosas eliminações logo na primeiríssima fase da Copa do Brasil, Grêmio e Internacional se prepararam para um GRE-NAL que tinha tudo para se tornar uma possível encrenca para o seu perdedor. No entanto, acabou dando tudo certo, no fim das contas.

E a explicação é simples. O pior dos cenários seria uma derrota do Inter, que jogaria em casa e com o técnico uruguaio “Cacique” Medina mais na marca do pênalti do que nunca. A eliminação na Copa do Brasil gerou a demissão do seu diretor de futebol. Logo….

******

O GRE-NAL DA SOLIDARIEDADE ENTRE BONS RIVAIS-2

Por sua vez, o Grêmio acabou de contratar Roger Machado para a vaga de Vagner Mancini. Por mais que a eliminação precoce do torneio nacional tenha chamuscado esse início de gestão, não dava pra imaginar ele dançando ao perder esse GRE-NAL.

No fim, ficou bom pra todo mundo. O Inter ganhou por 1×0, “Cacique” ganhou um pequeno fôlego para prosseguir, Roger ainda se escora no “é só o começo” e vida que segue para ambos. Ironicamente, os dois rivais foram solidários no primeiro GRE-NAL do ano (teremos mais dois na semifinal do Gauchão 2022).

******

NEYMALA E O VEXAME QUE NÃO FOI VEXAME ALGUM-1

Quem me conhece sabe que não sou exatamente fã de Neymar, embora reconheça seu imenso talento como jogador de futebol. Mas chega a ser ridículo considerar a eliminação do seu Paris Saint Germain da Champions League como um vexame.

Sim, trata-se de um clube milionário e cujo objetivo é vencer esse torneio um dia, projeto que já ultrapassa os cinco anos sem se realizar. Mas a eliminação nas oitavas de final foi para o Real Madrid!

******

NEYMALA E O VEXAME QUE NÃO FOI VEXAME ALGUM-2

O Real Madrid é o maior vencedor desse cobiçado campeonato, jogava em casa e se mostra em plena recuperação, após uma fase não muito positiva. Sua vitória, portanto, era até bem previsível, mesmo tendo perdido o jogo de ida, em Paris, por 1×0.

Voltando de contusão, Neymala fez boas jogadas e deu bela assistência para o gol de Mbappé, o único do seu time na derrota por 3×1. Ou seja, fez o que podia. Vamos ver como será na Copa do Mundo, para quem ainda se interessa pela seleção brasileira.

******

Semana que vem tem mais, se Deus quiser! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição, e aos frequentadores de Mondo Verde! E nunca se esqueçam: o bom-humor ajuda a evitar ataques cardíacos, derrames, tentativas de suicídio etc