15 de agosto de 2022
Início » José Ferreira Neto e o limite da decência

José Ferreira Neto e o limite da decência

O jornalismo esportivo mudou demais nos últimos anos…para melhor e para pior. 

Ao mesmo tempo em que jornalistas mais antenados e preparados para trazer informações detalhadas sobre os mais diversos assuntos relacionados ao futebol surgiram, o espaço para o grotesco e a barbárie aumentou muito.

Hoje, temos acesso a scouts, dados sobre as finanças dos clubes, sobre o desempenho individual dos jogadores de qualquer clube ou divisão. O conhecimento sobre todas as áreas que envolvem o futebol estão disponíveis em vários canais especializados. 

Na TV aberta, com raras exceções, a crítica rasteira, o clubismo disfarçado de galhofa e a baixaria predominam. Quanto pior, melhor. Tudo é permitido.

Hoje, o “craque” ultrapassou todos os limites ao desrespeitar a mãe do Abel Ferreira. O Palmeiras se manifestou a respeito (veja abaixo), mas alguma atitude mais drástica deve ser tomada. 

Claro que hoje o Palmeiras incomoda muito os adversários, mas a instituição PRECISA reagir à altura em momentos como este. Uma nota de repúdio é muito pouco.

Até quando?

Abraço a todos!