23 de janeiro de 2022
Início » A HORA DA NOTA – Cuiabá 1×3 Palmeiras

A HORA DA NOTA – Cuiabá 1×3 Palmeiras

Por Fabian Chacur

Com um time repleto de garotos, o Verdão parece que jogou totalmente solto, contra um time que busca pontos para escapar do rebaixamento. Para surpresa geral, na noite desta terça-feira (30), tivemos Cuiabá 1×3 Palmeiras.

No 1º tempo, Gabriel Silva marcou logo a 3 minutos, em belo lançamento de Michel. Aos 29 minutos, foi a vez de Giovani marcar um golaço, com nosso ex-zagueiro Alan Empereur marcando de cabeça a seguir, aos 36 minutos, e não comemorando.

Na etapa final, o time treinado por Jorginho fez o que pode para tentar empatar, mas se mostrou muito infeliz nas finalizações, e Vinicius Silvestre ainda fez uma defesa milagrosa aos 43 minutos, em cabeçada de Paulão. E aos 45 minutos, Gabriel Veron marcou um golaço, decretando Cuiabá 1×3 Palmeiras, uma vitória de gente grande conquistada por uma molecada esperta.

 

AS NOTAS DOS JOGADORES DO PALMEIRAS

 

VINÍCIUS SILVESTRE- 8,0

Mais seguro do que em partidas anteriores e com direito a um verdadeiro milagre no final do jogo.

 

GUSTAVO GARCIA- 7,0

Ele já tinha se mostrado promissor no Paulistão, e voltou ao profissional com boa partida. Saiu aos 40 minutos do segundo tempo para a entrada de LUCAS FREITAS- SEM NOTA.

 

MICHEL- 7,0

Ótima partida, com direito a um lançamento sensacional para o 1º gol do Verdão.

 

RENAN- 8,0

Partidaça do nosso zagueiro. limpando a área o tempo todo

 

KUSCEVIC- 8,0

O zagueiro chileno ajudou a segurar o ímpeto dos atacantes do Cuiabá.

 

VICTOR LUIS- 6,0

Vinha bem, mas teve de sair no intervalo, contundido, dando sua vaga a VANDERLAN-7,0 , que mostrou muita garra e deu conta do recado.

 

GABRIEL MENINO- 7,0

Deu conta da tarefa de ser um dos líderes do time de garotos. Saiu aos 35 minutos do segundo tempo para a entrada de FABINHO-5,0, que ajudou a segurar o placar.

 

MATHEUS FERNANDES- 6,5

Se não foi brilhante, ao menos mostrou que merece ser mais observado pelo treinador. Saiu aos 35 minutos do segundo tempo para a entrada de PEDRO BICALHO- 5,0, que não comprometeu.

 

GIOVANI- 8,0

Com apenas 17 anos de idade, ele, que também tinha entrado durante o Paulistão, mostrou talento e marcou um golaço. Saiu aos 27 minutos do segundo tempo para a entrada de KEVIN-5,0, que quase fez o seu gol no final.

 

GABRIEL SILVA- 8,0 

Fez o seu gol e mostrou mais segurança e maturidade do que no Paulistão.

 

GABRIEL VERON – 7,0

Marcou um golaço, mas vacilou ao tirar a camisa e tomar o 2º amarelo, sendo expulso.