8 de dezembro de 2021
Início » A HORA DA NOTA – Santos 0 x 2 Palmeiras

A HORA DA NOTA – Santos 0 x 2 Palmeiras

 Por Fabian Chacur

O Palmeiras conseguiu uma vitória segura e conquistada com méritos na tarde deste domingo (7) na Vila Belmiro. O Santos, um de nossos maiores rivais, até que se esforçou e criou alguns momentos de perigo, especialmente nos primeiros 25 minutos de jogo, mas depois o Verdão cresceu, fez um gol legítimo com Rony aos 39 minutos, anulado, e outro válido, aos 43 minutos.

Na etapa final, jogou ainda melhor, fechando-se com eficiência e saindo em contra-ataques rápidos. A ampliação do marcador parecia inevitável, e ocorreu aos 26 minutos, em bela finalização de Raphael Veiga em assistência de Rony. Foi a nossa 5ª vitória consecutiva no Brasileirão 2021, e com um desempenho seguro e bastante eficiente.

 

AS NOTAS DOS JOGADORES DO PALMEIRAS

 

WEVERTON- 8,0

Muito bem em todos os momentos em que foi exigido, com ótimas defesas.

MARCOS ROCHA- 6,0

Desempenho eficiente durante toda a partida.

GUSTAVO GÓMEZ- 7,0

Aquele zagueiro no qual a gente confia, especialmente em jogos grandes.

LUAN- 5,5

Deu umas vaciladas perigosas na etapa inicial, e depois se estabilizou, felizmente.

PIQUEREZ- 6,5

Regular no apoio e no setor defensivo.

DANILO- 6,5

Não é um primeiro volante dos sonhos, mas não comprometeu, e foi bem ofensivamente.

ZÉ RAFAEL- 7,0

Aquele tipo de jogador que se entrega para o time. Saiu aos 39 minutos do segundo tempo para a entrada de DANILO BARBOSA- sem nota.

RAPHAEL VEIGA- 9,0

Deu a assistência para o gol de Rony e marcou um golaço de quem sabe o que faz, com a bolas nos pés. Saiu aos 30 minutos do segundo tempo para a entrada de BRENO LOPES- 5,5, que foi útil na marcação e fez algumas jogadas eficientes.

GUSTAVO SCARPA- 7,0

Abaixo do Veiga, mas ainda assim com bom desempenho, provando que os nossos dois meias podem jogar juntos, sim, é só uma questão de acertar o posicionamento de cada um. Saiu aos 30 minutos do segundo tempo para a entrada de PATRICK DE PAULA- 5,5, que ajudou a segurar a bola no final.

RONY- 9,0

Voltou a ser o Rony da Libertadores, fazendo três gols, sendo que um validado, outro anulado corretamente por impedimento e outro de forma totalmente errada. E deu a assistência para o gol do Raphael Veiga também! Saiu aos 39 minutos para a entrada de DEYVERSON- sem nota.

DUDU- 7,0

Começou mal e melhorou aos poucos, especialmente na etapa final, quando teve alguns momentos muito importantes. Saiu aos 41 minutos do segundo tempo para a entrada de WILLIAM- sem nota.