8 de dezembro de 2021
Início » A HORA DA NOTA – Palmeiras 0 x 2 São Paulo

A HORA DA NOTA – Palmeiras 0 x 2 São Paulo

Por Fabian Chacur

Abel Ferreira optou por escalar um time reserva no clássico realizado na noite desta quarta-feira (17). Resultado: Palmeiras 0x2 São Paulo, perante um público de mais de 35 mil pessoas no Allianz Parque. E ficou barato, pois um gol do time do Jardim Leonor foi anulado aos 45 minutos do segundo tempo devido a um impedimento na origem do lance.

A performance do Palmeiras foi péssima durante toda a partida. Até manteve um domínio estéril no começo, mas logo deu chances ao São Paulo, que marcou aos 23 minutos com Gabriel Sara. No segundo tempo, a equipe voltou ainda pior, e tomou o segundo, feito por Luciano, aos 15 minutos.

Mesmo com a entrada de alguns titulares, o panorama não mudou. O horror, o horror… Final, Palmeiras 0x2 São Paulo, uma derrota dolorosa.

 

AS NOTAS DOS JOGADORES DO PALMEIRAS

 

WEVERTON – 7,0

Se não fosse o nosso goleiro de seleção, teríamos perdido por um marcador ainda maior.

 

MARCOS ROCHA – 4,5

Embora meio apático, conseguiu ser melhor do que vários colegas.

 

KUSCEVIC – 4,5

Deixou a desejar, mas também escapou de ser um dos piores.

 

RENAN – 3,0

Uma noite fraca para nosso promissor zagueiro, com direito a falha patética no 1º gol do inimigo.

 

JORGE – 2,0

Noite absolutamente horrível do lateral-esquerdo, que bateu cabeça com Renan no 1º gol e não acertou nada durante a partida.

 

DANILO – 4,0

Atrapalhado em todos os fundamentos, especialmente na marcação.

 

PATRICK DE PAULA -1,0

Uma noite para o nosso volante se esquecer, com direito a inúmeros passes errados, um deles gerando o 2º gol do time do Jardim Leonor. Saiu aos 30 minutos do segundo tempo para a entrada de ZÉ RAFAEL- SEM NOTA.

 

MATHEUS FERNANDES – 3,0

Não jogava há uns mil anos, e ficou perdidinho, errando passes, perdendo bolas e não produzindo absolutamente nada de positivo. Saiu aos 22 minutos do segundo tempo para a entrada de RAPHAEL VEIGA- SEM NOTA, que entrou com o jogo decidido para o adversário.

 

BRENO LOPES – 4,0

A dedicação de sempre, mas sem a eficiência necessária, certamente foi engolido pela má partida coletiva da equipe. Saiu aos 22 minutos do segundo tempo para a entrada de GUSTAVO SCARPA- 5,0 , que mandou uma bola na trave em cobrança de falta, nossa melhor chance na partida.

 

WILLIAN- 3,0

Outro que não conseguiu produzir rigorosamente nada de produtivo. Saiu aos 17 minutos do segundo tempo para a entrada de WESLEY-3,5, que até começou bem mas logo caiu de rendimento.

 

LUIZ ADRIANO- ZERO!

Como pode um jogador tão bom virar um verdadeiro zumbi em campo? E ainda se sente no direito de confrontar a torcida. Meu Deus! Saiu aos 22 minutos do segundo tempo para a entrada de RONY-SEM NOTA, que entrou com o jogo já perdido.