8 de dezembro de 2021
Início » A VIDA DOS OUTROS – Edição 01 – O Retorno

A VIDA DOS OUTROS – Edição 01 – O Retorno

Por Fabian Chacur

Considerações e ironias referentes aos outros clubes que, para infelicidade deles, nunca conseguirão sequer chegar perto da Sociedade Esportiva Palmeiras.

***********

O ETERNO BBB DOS TREINADORES – CASO FELIPÃO -1

 

O mercado da bola dos jogadores costuma ter umas paradinhas de vez em quando. Já o referente aos treinadores é do tipo 24/7, ou seja, todas as horas de todos os dias de todas as semanas de todos os meses. Desta vez , um dos protagonistas foi o grande Felipão.

 

Há três meses, o treinador aceitou o convite para a sua milésima passagem pelo Grêmio. No mínimo, pressionado pela esposa, do tipo “Felipe, aceite essa proposta de trabalho, ou qualquer outra, mas vá, pois não aguento mais você em casa!” E ele aceitou.

 

Depois de perder do Santos na Vila com um gol no finalzinho e se manter firme no Z Menos Quatro do Brasileirão 2021, é anunciada uma coletiva com ele e o presidente do Clube, o glorioso Bolzan. Todos achavam que ele seria demitido. Mas nada ocorreu.

 

Bem, ocorreu, sim. Na madrugada do dia seguinte, é anunciada a saída de Scolari do clube. De “comum acordo”, obviamente. Pois essa é a forma calhorda com que clubes e treinadores burlam a “regra para inglês ver” de obrigar os times a terem apenas dois treinadores durante todo o Brasileirão.

***********

O ETERNO BBB DOS TREINADORES – CASO FELIPÃO 2

 

Como seria de se esperar, o clube e o treineiro divulgaram declarações amenas, do tipo “agradecemos ao treinador” de um lado, e “sempre torcerei pelo Grêmio” do outro. Jogo jogado.

 

O duro foi acreditar em quem veio para assumir a vaga. Ninguém menos do que Vagner Mancini. Sim, aquele mesmo que, na temporada 2020, largou o Atlético-GO em pleno Brasileirão para assumir o Curíntia, que estava na zona do rebaixamento.

 

Desta vez, o time deixado na mão foi o América-MG. Comenta-se que Mancini irá ganhar um salário três vezes maior, e com um bônus de R$ 5 milhões se atingir a meta de não cair para a série B. Dá para condenar o profissional que aceitou tal proposta?

 

Mas isso deixa muito claro que, nessa disputa treinadores x clubes, não tem santinho. Em um mundo ideal, Mancini é um profissional que feriu a ética ao largar o América-MG na mão. Mas quem garante que, em um futuro não muito distante, ele não seria demitido pelo clube, após uma eventual fase de derrotas? Pelo sim, pelo não…

 

***********

O ETERNO BBB DOS TREINADORES – CASO CRESPO -1

 

Enquanto isso, no clube do Jardim Leonor, Hernan Crespo acabou recebendo o cartão amarelo seguido do vermelho, mesmo tendo tirado o “Soberano” de uma fila de 9 anos sem ganhar nem torneio início. Tudo bem, foi só o Paulistão, mas para quem estava na merda…

 

O técnico argentino nem precisou perder. Bastou encarar o 5º empate consecutivo no Brasileirão e bum, desempregado. Tudo bem, próximo da zona da degola, mas ainda com boas possibilidades de sair dali.

 

O legal foi como o SPFC resolveu a parada. No meio da tarde desta quarta-feira (13), anunciou a demissão de Crespo. Aproximadamente 2,5 horas depois, anunciou o nome do substituto: Rogério Ceni, desempregado desde que o Flamengo o demitiu, há alguns meses.

 

Alguém acredita que o convite para Ceni tenha sido feito nesta quarta? Ou seja, é óbvio que a substituição já estava arquitetada há uns bons dias, só esperando um resultado ruim de Crespo para concretizar a degola. Tipo do procedimento de dar nojo!

 

***********

O ETERNO BBB DOS TREINADORES – CASO CRESPO – 2

 

O divertido, nessa história, é que Ceni, que nos tempos de goleiro foi apelidado de M1to pelos seus torcedores, chegou contestado por uma das torcidas organizadas do clube pelas declarações que deu quando foi contratado pelo Flamengo, com direito a juras de amor.

Os torcedores ameaçavam inclusive impedir o profissional de assumir o cargo, algo que, obviamente, não deu em nada. Na noite desta mesma quarta-feira, o cara já estava lá no Panetone, dando treino para seus novos comandados.

 

Na quinta 9 (14), já estreou no cargo, com um empate em casa por 1 a 1 contra o glorioso Ceará de Thiago Nunes, outro que anda mudando de time para time com uma constância impressionante, só que sempre demitido. A próxima partida será nesta segunda (18) contra o time do qual o SPFC é mais freguês, a Gambazada. Como se sairá nessa partida o goleiro que amava tomar gols por cobertura do nosso Alviverde Imponente?

 

*********** 

O CRUZEIRO ESTÁ VALENDO MENOS QUE…CRUZEIROS!

 

Um conselho que dou aos torcedores de quaisquer clubes, especialmente aqueles com mais história e tradição, é de não ficar dando uma de arrogante em relação aos adversários. Pelo menos, não a ponto de extrapolar os limites. Quer um bom exemplo?

 

Até o 1º semestre de 2019, o Cruzeiro era tido como um dos times mais fortes do país. Bicampeão da Copa do Brasil, sempre cotado como favorito no Brasileirão (que ganhou em 2013-2014) e na Libertadores, com elencos recheados de nomes importantes…

 

Seus torcedores amavam avacalhar os adversários, especialmente aqueles que caíram para a segundona do Brasileirão, com faixas trazendo dizeres do tipo “Time Grande Não Cai”.

 

Pois bem. A partir da eliminação nas 8ªs de final da Libertadores 2019, tudo desandou no clube de BH. Foi rebaixado naquele mesmo ano, vai para o 3º ano consecutivo na série B (e sempre ameaçando cair para a C), deve salários até pros funcionários mais humildes etc.

 

Em meio a uma greve dos jogadores, o Cruzeiro não parece capaz de reverter esse quadro em um futuro próximo. Logo, pagaram caro pela arrogância. Que sirva de exemplo para todos nós!

 

***********

Semana que vem tem mais, se Deus quiser! Agradeço aos patéticos adversários, sempre me fornecendo boa munição, e aos frequentadores de Mondo Verde! E nunca se esqueçam: o bom-humor ajuda a evitar ataques cardíacos, derrames, tentativas de suicídio, etc.