7 de outubro de 2022
Início » Primeira partida da final teve tudo, menos futebol

Primeira partida da final teve tudo, menos futebol

A parada forçada pela pandemia fez muito mal para o Palmeiras. Sem o Dudu, sem meias e apresentando quase nada de novo, o Palmeiras chegou à final do Campeonato Paulista e não jogou nada. 

O sistema defensivo, mesmo sem o polivalente Felipe Melo, se portou muito muito bem mais uma vez. O mesmo se pode dizer sobre a jovem dupla de volantes: Patrick de Paula e Gabriel Menino. Espero que fiquem pelo menos até o ano que vem.

Nosso principal problema continua sendo o ataque. Mesmo com a alteração feita (Zé Rafael na vaga do Willian Bigode), o Cássio não teve quase não um trabalho na partida. Nem mesmo quando o Palmeiras teve oportunidades na bola parada, com faltas bem próximas da área. 

Zé Rafael entrou para marcar o Fagner. Rony segue correndo muito e sempre de cabeça baixa. O Luiz Adriano manteve o seu padrão pós-parada. Um ataque de risos.

As substituições quase não alteraram isso, apesar de o Palmeiras ter o controle total da partida e o adversário ter muita dificuldade para passar do meio-campo ou engatar um contra-ataque. 

Enfim, a decisão (e o futebol) ficaram mesmo para o próximo sábado, no Allianz Parque. 

Vamos falar muito mais sobre a final do Campeonato Paulista no Bate Papo entre amigos

Abraço a todos!